É quinta, e os pedidos pelo fim do dia chegam com mais frequência. Tenho ânsia pelo final de semana, desejo me inundar nos lençóis frios e limpos, o aroma floral me remete tardes de sol e refrescos de amora, a dor me consome, é quinta, falta poucos dias para tudo mudar, como tudo vai ser depois que você se for, eu realmente não sei, o pouco que restava se desfaz, em meio a lágrimas contidas me despeço da tua presença. É quinta, e eu clamo pelo fim de semana, isso tudo me consome, isso tudo me desgasta, o que eu não daria para mergulhar e somente navegar entre assobios e passagens baratas só de ida, o que sai de mim são só restos de pressupostos de alguém que ama, o rádio ainda toca as musicas aleatórias, e eu ainda escuto o programa dedicado às pessoas solitárias, o que eu não daria para juntar todas as belas almas solitárias, é quinta… e eu não sei como vai ser quando você se for, cada batida me deixa mais perto da despedida.

Like what you read? Give emanuelle araújo a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.