O Poder da Informação

A informação pode ser uma arma muito poderosa e pode causar danos que podem destruir não só indivíduos — mas toda uma coletividade.

E quando uma organização tem acesso a muitas informações, mas também as manipula ou simplesmente fabrica elas? Em um ambiente normal, talvez essa organização perdesse o crédito das pessoas, mas isso não acontece quando essa organização tem o poder de obtê-la quando quiser e toda a informação que sai dela tem uma certo fundo de verdade nos fatos, mas não toda a verdade.

Em uma sociedade normal nenhuma organização teria esse poder per se, o poder seria utilizado com limites, limites onde se fossem protegidos os direitos de propriedade e privacidade das pessoas. No entanto, no Brasil existe uma organização que cada vez mais se utiliza da raiva e indignação do povo contra a corrupção para fazer atos cada vez mais ilegais, cada vez mais irresponsáveis. Ela coloca em si a responsabilidade de combatê-la e toda sua irresponsabilidade é relativizada pelo motivo que ela combate a corrupção.

A escalada da autoritária dessa organização começou há muito tempo, com vazamentos para imprensa e na ânsia de jogar pessoas no linchamento público — que muitas vezes pode ser injusto e desproporcional — e destruindo carreiras, invés de servir como um instrumento para o julgamento justo e proporcional dos crimes cometidos.

Os fatos acontecidos nos últimos dias, onde um estardalhaço da imprensa fez a economia ser colocada à beira do colapso por causa dessa ânsia pelo linchamento, vazando informações manipuladas, e acirrando os conflitos no país. Só Deus sabe onde essa escalada autoritária vai resultar. Esse, meus caros, é o poder da informação.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Emanuel Serpa’s story.