Espiral

Imagem retirada da Internet

Uma das coisas mais fantásticas que já me falaram sobre a vida: ela ocorre em espiral.

Essa proposta já foi relacionada ao Calendário Maia; a Jornada do Herói, Joseph Campbell; ao Aconselhamento Biográfico de Gudrun Burkhard por meio da Antroposofia de Rudolf Steiner e tantas outras perspectivas teóricas e esotéricas.

Segundo essa ideia, não há nada completamente novo. A vida não oferece desafios à toa. Ao léu. Há uma sequência.

Já percebeu? Já notou que até quando estamos fazendo o que nomeamos de repetir ciclos, estamos na verdade diante de novos desafios, muito semelhantes aos primeiros, mas com uma roupagem diferente?

É aquilo que bate à porta novamente, porque ainda não foi resolvido.
Honre isso. Receba com humildade. É seu. Está tudo certo. Era para ser assim. “O presente é sempre perfeito”.

A ideia, não tão fácil de fazer quando de falar, é suspender as lamúrias. Parar com as comparações. Não julgar que já conhece todo o processo. Não achar que está na via do retrocesso. Veja. É outra história, da velha questão, que urge para ser resolvida.

Não perca esta oportunidade. Não de novo. E aproveite! Não é todo dia que podemos resgatar as antigas falhas e nos libertar para uma vida mais próspera e mais sutil.

Se o passado lhe bate a porta, de um jeito diferente, abra-lhe. Mas nunca do mesmo modo. Seja criativo. E tenha alegria nisso. Quero ver se não funciona, ora! Quero ver se não muda.

O segredo é encarar a fera e não fugir dela. Só podemos mudar aquilo que vemos. Se você não ver, não é pureza não, é descuido.

Olhe. Mesmo que faça doer. Admita a si. Depois comece a admitir aos outros. E verá como a vida segue mais leve. Com a verdade, a honestidade e principalmente, a consciência.

Boa vida.

Nota: Não diria que é meu, como poderia? Foi durante uma meditação que chegou. Então, antes de vir por mim, veio para mim. E veio bem.

  • Marina Monteiro
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Em Construção’s story.