A História de Ana e a soberania de Deus

Frequentemente me pego pensando na grandeza do nosso Deus e na sua infinita sabedoria e soberania sobre todas as coisas, hoje eu quero trazer para vocês leitores uma meditação referente a esse assunto. Todos nós concordamos que Deus é soberano e controla todas as coisas, a bíblia afirma que nenhuma folha cai sem a permissão de Deus, e tudo no final sai exatamente como ele quer! Não existe acaso nem sorte ou azar! Deus é quem governa todas as coisas e tudo é para a sua glória!

Claro que não quero ser sistemático no assunto, mas quero apresentar a história de Ana a mulher de Elcana. Essa História também revela a soberania de Deus (como muitas outras histórias da bíblia). Se você não conhece a história por favor leia aqui: 1 Samuel 1:1–28

Basicamente o versículo que traz a revelação de que Deus é soberano e portanto rege a vida de cada um é este: Porém a Ana dava uma parte excelente; porque amava a Ana, embora o Senhor lhe tivesse cerrado a madre. 1 Samuel 1:5

Na época ser uma mulher estéril era algo humilhante e frequentemente a esterilidade era vista como reprovação de Deus. Ao que vemos na história Ana era uma mulher piedosa e levantava a sua queixa perante o SENHOR todos os dias em oração. Não havia juízo de Deus em sua vida, a sua esterilidade não era sinal de desprezo, mas mesmo assim Deus a fez estéril. Você pode se questionar, e dizer mas porque Deus fez isso? Saiba que mesmo que não intendamos seu jeito de trabalhar, podemos saber que ele é bom e está a governar tudo sabiamente e no final tudo é para a sua gloria e para o nosso bem.

Vale notar que no capítulo seguinte de 1 Samuel é registrada a oração de agradecimento de Ana, e essa oração revela claramente o entendimento de Ana de que Deus é o mesmo que pode causar infertilidade e é o mesmo que pode trazer o milagre da concepção de um filho. E o trecho que enxergo isso é justamente esse:

6 O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela. 7 O Senhor empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. 1 Samuel 2:6–7

Note no contraste: vida e morte, riqueza e pobreza, humilhado e exaltado. Ana reconhecia a soberania de Deus, e o adorava pelo que ele é! Devemos fazer como Ana, nos prostrar perante o Senhor com louvor e gratidão em todos os momentos!

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. ” Isaías 55:8–9

“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. ” Romanos 11:33–36

A soberania de Deus não tem limites, ele pode transformar o mal em bem.

Acabamos de conhecer a história de Ana, vimos que sua esterilidade era causada por Deus. Você concorda que esterilidade é um mal que ninguém gostaria de passar? Afinal não poder ter um filho deve ser muito triste! Mas veja, Deus fez desse mal (esterilidade) um testemunho do seu poder quando concedeu a ela um filho (bem) que foi em Israel um da mais importante profeta, o profeta Samuel! Para deixar mais claro esse argumento de que Deus pode transformar o mal em bem pense no caso de Jesus o Filho de Deus. Note, Jesus foi traído, açoitado e crucificado! Ele foi afligido com grande sofrimento, mas Deus o Pai infinitamente maior que tudo estava a trabalhar usando esse sofrimento causado pela maldade humana para cumprimento da salvação! Jesus tinha que padecer, Jesus sofreu a ira de Deus em nosso lugar, sendo inocente e Perfeitamente Justo foi levado ao matadouro como cordeiro, e como ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca (Isaias 53: 7). Como José disse em gênesis cinquenta versículo vinte: Pois o Senhor transformou o mal que vocês me causaram em bem! Deus transformou o mal vindo dos homens aonde culminou na morte do seu Filho em bem, sim a salvação é um Bem, e esse é o maior bem que Deus pode dar ao homem! Porque foi pela Cruz que a salvação foi consumada, foi pela cruz que hoje temos a reconciliação e perdão dos nossos pecados!

Por: César Maranho (http://vivendoemgraca.wordpress.com/)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.