O debate que Fernando Haddad não quer fazer
Gabriel Brust
13539

O debate que Haddad não quer fazer: tem pouco metrô em São Paulo. Realmente, que prefeito horrível. E ainda ALEGA que não é atribuição dele.

Cara…

Assim como Paris, São Paulo conta, também, com um sistema público de bicicleta (desde 2012, pré-Haddad, mas integrado ao sistema público a partir da atual administração). São Paulo passou a contar também com 151 linhas noturnas… assim como Paris. Até 2014, o número de linhas noturnas era: ZERO.

Também foram implantados centenas de quilômetros de faixas exclusivas de ônibus desde 2013, tornando o transporte de ônibus mais rápido.

Desde o ano passado, centenas de quilômetros de ciclovias estão sendo implantados.

Paris não foi criada em um dia. Nem seu sistema de transporte (que, aliás, tem muitos problemas). São Paulo, idem. E não dá para cobrar que tudo esteja pronto em 2,5 anos. E nem abraçar o complexo de vira-latas e dizer que São Paulo é uma Calcutá (e sempre será) e terá que se conformar com seu subdesenvolvimento.

Cidades grandes do mundo enfrentam, com frequência, problemas similares a despeito de suas muitas diferenças, seja em países desenvolvidos, seja em países em desenvolvimento. Soluções de uma cidade pode ser adaptada para enfrentar problemas em outro contexto…

Enfim, o que importa é que, depois de OITO ANOS, a a cidade está caminhando para a direção certa (não sem problemas, não sem precisar fazer ajustes, melhoras) na questão de mobilidade. Apesar de o metrô pouco avançar. Apesar de nosso governador ser pouco cobrado…