A fábula de uma rosa

Certo homem, cultivava flores raras e viajava pelas mesmas, cansado das mesmas espécies, dos mesmo jardins. Foi em um país distante em busca de uma espécie bem específica.

Pousando naquela nação, foi ao jardim botânico realizar sua pesquisa. Quando começou sua busca minuciosa pelas flores notou que já tinha visto tudo isto.

Abatido com seu descontentamento, a tristeza estava estampada no seu rosto. A esperança para esse homem tinha acabado, pois não encontrou o que tanto desejava.

Regressando ao seu país sem esperança pensou:

Talvez o que tanto procuro não exista, dediquei anos da minha vida a procura dela. E não a encontrei

Triste, cansado da viajem avistou uma praça mal cuidada.
Resolveu ali dar uma parada para descansar.

Sentou num banco e por um segundo fechou os seus olhos. Recostou sua cabeça e respirou fundo.

Em uma fração de segundos subitamente no jardim central algo chamou sua atenção. Ele, avistou a rosa mais perfeita existente.

E pensou :

Como uma rosa tão perfeita,está num lugar tão imperfeito?

Procurei nos jardins mais belos do mundo e logo aqui num jardim sem vida encontro a rosa mais perfeita que a tanto tempo procurava.

A felicidade era nítida em seu semblante e percebeu que não é preciso viajar milhas e milhas para ser feliz, basta olharmos a ao nosso redor.

Nos lugares mais imperfeitos acontecem as coisas mais extraordinárias. E quem sabe a rosa mais perfeita esteja lá.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.