Dicas e equipamentos imprescindíveis para sua aventura outdoor

www.pexels.com

Sempre que nos preparamos para encarar uma aventura fora dos limites urbanos, alguns procedimentos básicos são necessários para que o passeio não se torne um risco aos praticantes.

Confira agora alguns deles:

Estudar o trajeto

Seja por meio de mapas, cartas topográficas, guias ou conversando com conhecedores do local. Carregue sempre uma bússola ou um GPS e saiba usá-los!

Levar água suficiente

É difícil medir os imprevistos, mas para uma caminhada de 1 dia de duração, são necessários de 4l a 5l de água (para as atividades normais do dia a dia, necessitamos de 2l a 3l de água por dia).

Levar alimentos

Para caminhadas mais leves, é possível levar frutas, que são perecíveis, duram pouco e ocupam maior espaço. Para caminhadas mais longas, é preciso uma alimentação mais completa, contendo barras energéticas e alimentos liofilizados, desidratados e etc.

Utilizar equipamentos conforme o tipo de geografia

Calçados e vestimentas adequados para o tipo de geografia e clima, filtro solar (inclusive labial), barraca, saco de dormir, isolante térmico, entre outros, levando em consideração a duração da aventura. E não se esqueça de:

  • Lanterna e pilhas/baterias sobressalentes (headlamps são uma boa alternativa e normalmente consomem menos energia. Há também as lanternas com dínamo, que não precisam de pilhas);
  • Mosquetões (3un) e Cordim (corda fina) de uns 5 ou 6m, pois são leves, ocupam pouco espaço e servem para fazer um abrigo, maca com galhos e etc;
Imagem: Dionne Lee
  • Mochila condizente com o tamanho da aventura. Dê preferência para as que possuam compartimento para refil de hidratação (tipo camelbak) e capa de chuva embutida e/ou tratamento de hidrofugação (que repele água);
  • Cantil ou refil de hidratação sobressalentes;
  • Saco ou recipiente estanque/impermeável para guardar coisas que não podem molhar;
  • Faca com serra, serrucho e/ou canivete e ferramentas multifunções (ocupam menos espaço e pesam menos);
  • Linha de pesca, anzol, tripa de mico (mangueira de latéx hospitalar), iniciadores de fogo, fogareiro e combustível (dependendo da duração e da programação da “brincadeira”);
  • Papel higiênico e sacos para resíduos.
    ATENÇÃO! NÃO DEIXE LIXO NA TRILHA!!! ISSO AFETA O MEIO AMBIENTE E ATRAI ANIMAIS!
  • Botas ou calçados próprios para o evento. Dê preferência aos calçados técnicos, afinal são feitos para isso…
  • Bússola, GPS e/ou cartas topográficas. Já foram citados, mas vale um reforço. São equipamentos muito importantes, mesmo em trilhas sinalizadas. Separe um tempo para aprender como usá-los!

Este é apenas um apanhado geral de itens importantes para uma aventura. Mas cada clima, terreno, duração e situação demandam tipos e quantidades de equipamentos diferentes.

Alguns equipamentos são extremamente importantes, mas são lembrados apenas quando nos deparamos com o imprevisto: os equipamentos de emergência. São itens indispensáveis na prática de qualquer atividade outdoor e podem significar sair — ou não — de uma enrascada. Sejam elas expedições de muitos dias, trekking, hiking (caminhadas que se iniciam e terminam no mesmo dia) ou bike.

Confira aqui alguns desses equipamentos indispensáveis:

  1. Compressas de gaze estéril: usadas para proteger ferimentos e pode ser utilizada como combustível para fazer fogo;
  2. Band-Aid e Esparadrapo: salvam quase sempre quando aparecem bolhas nos pés! Se perceber o surgimento de bolhas, pare e trate, ou a aventura fatalmente se tornará uma tortura;
  3. Pomadas para bolhas e assaduras — aliviam muito e previnem assaduras por fricção (principalmente nas virilhas e axilas);
  4. Bandagem ou faixa: multiuso, desde na proteção de ferimentos, na fixação de imobilizadores (em caso de entorses e fraturas), e até mesmo para criar fogo;
  5. Medicamentos: anti-séptico, anti-histamínico (anti-alérgico), anti-inflamatórios, relaxantes musculares e minimizadores de dores de cabeça e sintomas de gripe;
  6. Linha e Agulha (curvada) para pequenas suturas;
  7. Tesoura pequena (que normalmente se encontra em canivetes e kits multifuncionais);
  8. Apito: um dos itens mais importantes caso alguém se perca ou sofra um acidente em trilhas. O som do apito é muito mais alto e percorre uma distância muito maior que a nossa voz. E em situações em que está incapacitado de gritar, pode salvar sua vida(!).
  9. Comprimidos purificadores de água: consumir água contaminada não é bom em nenhuma situação. No meio do mato então, pode significar o fim da aventura, ou mesmo uma super desidratação levando até mesmo à morte. Por valores irrisórios, existem no mercado produtos que proporcionam água potável de rios, mananciais, riachos, chuva e poços em qualquer estado. Um exemplo é o Clorin, que é fornecido na forma de pastilhas dispostas em tabletes. Cada pastilha tem a capacidade de purificar e potabilizar de 500ml a 1 litro de água em apenas 30min, e uma cartela com 10 pastilhas custa cerca de R$ 20,00. Vai arriscar?!
  10. Cobertor e barraca de emergência:
www.entretrilhas.com.br

Poucas pessoas falam sobre, mas são itens dos mais importantes em caso de real emergência. Imagine atravessar um rio no começo da trilha e um temporal impedir o seu retorno? No caso de uma aventura de muitos dias, provavelmente sua barraca o salvará. Mas se estiver em um Hiking e for pego de surpresa?

A hipotermia mata! E a barraca de emergência fornece abrigo provisório até que tenha possibilidade de retornar. E se alguém, durante a trilha, sofre um acidente e não tem como se locomover? Pareço apocalíptico?! Seguro bom é aquele que morre de velho e não precisamos usar!!!

www.entretrilhas.com.br

Barracas e cobertores de emergência pesam cerca de 50g, custam entre R$15,00 e R$35,00, e têm o tamanho da palma da mão quando fechados. O cobertor de emergência é feito de material aluminizado, como os que os bombeiros e médicos usam para cobrir as vítimas antes de chegarem ao hospital. Na trilha, o cobertor protege a pessoa acidentada contra hipotermia, até que o resgate chegue, mantendo o calor corporal adequado para a pessoa que está em apuros.

www.pexels.com

E uma última informação importante! Você sabe o motivo das roupas, mochilas e acessórios de aventura serem (normalmente) confeccionados em cores chamativas? Exatamente para chamarem a atenção! Já pensou alguém no Monte Everest vestido de branco precisando ser encontrado? Então, a não ser que seu objetivo seja ficar camuflado, escolha as cores que destoam bem do ambiente em que for se aventurar!


Sentiu falta de alguma dica ou equipamento que considera fundamental para a prática de esportes outdoor? Deixe aqui seu comentário!

E se curtiu esse texto, confira aqui nosso último post sobre “Modalidades de Mountain Bike — Qual é a sua?”.

Um abraço e até a próxima!