Por quê Repetimos Quando Adoramos ? — parte 2 - David Mathis

Meditando Juntos 
Um aspecto notável da adoração corporativa é que ela nos dá a oportunidade de meditarmos juntos. O pináculo de um bom sermão é tipicamente uma forma de meditação corporativa, liderada pelo pregador, enquanto ele circula em torno de seu ponto principal.

Os pontos mais altos dos nossos melhores louvores em música são essencialmente meditativos. Não é a descoberta e entrega de uma estrofe desconhecida que liga nossos corações e nos atrai mais para o céu, mas o retorno ao refrão, que foi enriquecido com cada verso adicional. As estrofes fornecem novas informações, mas o refrão que conhecemos tão bem reforça a verdade ainda mais profundamente em nossas almas.

As estrofes e o refrão juntos nos ajudam a conhecer a realidade ainda melhor, pois, coletivamente, dizemos a verdade que está na nossa cabeça para nossos corações. Eles (os refrões) nos ajudam a realmente experimentar e ser afetados pela verdade em nosso homem interior, e não apenas a repetir informações superficialmente.

“Deus deu aos humanos a capacidade de meditar. E essa é cada vez mais a arte perdida em nossa época.”

Só quando recebemos a verdade no coração, no centro da nossa alma, é que desenvolvemos uma transformação orgânica que atinge nossos atos externos.

Em vez de contornar o coração, movendo-se da mente para as ações, a meditação recebe a verdade em nossas almas e nos muda na parte mais profunda do nosso ser. Só assim nossas ações não tornam-se mera aparência , como algo pintado apenas por fora mas autênticas expressões do movimento de nossas almas.

A repetição intencional no culto corporativo nos capacita para sermos alterados não apenas como indivíduos, mas como pessoas. Não são apenas as verdades que lemos, mas as verdades que cantamos - e cantamos com frequência, e recebemos em nossos corações - que moldam-nos para a vida de adoração.
Então, talvez neste fim de semana, você terá a chance de experimentar a repetição corporativa de novo, e em vez de se irritar com o líder de adoração, encare como uma oportunidade para desfrutar a grandeza e o amor de Deus.

David Mathis (@davidcmathis) is executive editor for desiringGod.org and pastor at Cities Churchin Minneapolis. He is a husband, father of four, and author of Habits of Grace: Enjoying Jesus through the Spiritual Disciplines

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.