Eu, Robô (Isaac Asimov)

A russia carrega em seu DNA a qualidade de ter otimos escritores a muitos anos, e particularmente existe um que venho apreciando e dedicando mais tempo esse é Isaac Asimov, conhecido como um dos 3 pilares do Sci-Fi ( ficção cietifica), tem obras sendo publicadas desde os aos 50.

Em “eu robo” Asimov compila 9 contos que se interagem entre eles com o tempo que você avança na leitura, tendo sempre em comum as 3 leis da robotica “ que são elas:

  • 1ª Lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  • 2ª Lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.
  • 3ª Lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis.

O que o leitor pode se maravilhar alem da qualidade da escrita de seu autor, Asimov esmiuça em “eu robo” as 3 leis da robotica e as possibilidades que ela podem trazer para os “cerebros” roboticos ou como a sua ausencia pode interferir nisso.

Um dos meus contos favoritos em “eu robo” foi “razão”, nesse capitulo o autor tras um robo sem montado no espaço, duvido totalmente da sua criação por mãos humanas o mesmo se juga superior a seus criadores, Asimov consegue nesse momento introduzir diversos temas como a relegião e até mesmo a filosofia, prendendo sua atenção até as ultimas linhas desse conto impressionante, te levando a refletir a diversos temas que assolam nossa conteporanidade como o extremismo religioso, e nos leva a um final surpreendente.

Mas antes que perguntem, “blz e o filme se parece, com o livro?”, a unica coisa que posso dizer o nome do filme e as 3 leis da robotica estão presentes em ambos, porem sua semelhanças param por ai, porém o filme em sí não e ruim, tem suas falhas porém, em uma toda não e ruim, porém leia o livro e se maravilhe com o universo de Asimov.

Mesmo “eu robo” sendo um livro compelido 9 contos Asimov repete diversos personagens em seus contos, para aqueles leitores que não tem gostume de ler Sci-Fi, “eu robo” e um bom caminho para entrar nessa mundo. E além disso a editora Aleph traz um anexo em suas ultimas paginas onde o autor fala um pouco sobre as historias de romance com robos.

Em suma, Eu robo e um dos grandes livros de Asimov com um enredo intrigante que nos traz a reflexao em diversos momentos, sobre a relaçao entre criatura criador, Eu robo” vai além de uma obra de sci-fi acaba se tornando uma obra filosofica e de reflexão para todos nós. Eu super recomendo a leitura desssa obra prima.


Título: Eu, Robô
Autor: Isaac Asimov
Editora: Aleph
Ano: 2014
Páginas: 320