Sony avalia possibilidade de trazer o Morpheus para o Brasil*

por Bruno Izidro


*Texto adaptado de uma entrevista dada ao site Gizmodo

A E3 2015 acabou e, passado todo o seu furor, conseguimos conversar rapidamente com Anderson Gracias, gerente da marca PlayStation no Brasil e o assunto principal, como não poderia deixar de ser, era a produção do PS4 em terras brasileiras, que foi anunciado pela Sony durante a feira. O executivo, porém, desviou de boa parte das perguntas.

Ainda assim, Gracias deu informações interessantes em relação a outros produtos da família PlayStation, o principal dela é a possibilidade do lançamento do aparelho de realidade virtual Morpheus por aqui, mesmo com a data de lançamento indefinida nos EUA. “Acreditamos que a RV (realidade virtual) é o futuro e vamos avaliar as possibilidades para o mercado local”, fala Gracias.

Fora isso, ele confirmou que, assim como o PS4, a produção do PS3 também será terceirizada aqui no país. Desde 2011 o console da agora antiga geração da Sony era produzido na fábrica da empresa, em Manaus, agora a responsabilidade de montar a versão nacional é a Flextronic, a mesma que irá cuidar do PS4.

Segundo Gracias, a decisão de terceirizar a produção de seus dois consoles veio para dar uma “melhor solução” para os jogadores. Pela declaração do executivo, isso pode significar que produzir o próprio videogame estava saindo caro para a Sony e, terceirizando, eles podem manter os preços ou deixá-los mais competitivos. Claro que que ele não comentou nada em relação a preços, se limitando a dizer que “não temos nada para comentar em relação a isso”.

Por fim, ainda tentamos falar sobre PSN, PS Store e até PS Vita por aqui (que, por sinal, vai continuar sendo importado pela empresa), mas obtivemos a mesma resposta. Parece que os jogadores brasileiros não terão novidades sobre esses serviços no futuro próximo.

Jogos BR no PlayStation

Se em relação a mercado, Anderson Gracias desviou de todas as perguntas, pelo menos ele deu boas notícias em relação a jogos brasileiros tanto no PS4 quanto no PS Vita. Esse ano já tivemos o lançamento de Krinkle Krusher e Toren no console da Sony.

Agora Gracias afirmou que mais sete jogos devem chegar até o fim do ano:

Chroma Squad from Behold Studios — PS4/Vita
Starlit from Rockhead — Vita
Run from Torch Games — PS4
Ninjin: Clash of Carrots from Pocket Trap — PS4/Vita
Aritana and the Harpy’s Feather from Duaik — PS4
HTR+ High Tech Racing from QUByte — Vita
Get Over here from Reload Game Studio — PS4

Muito são adaptações de jogos mobile ou já lançados para PC, mas ainda assim mostra o resultado da parceria com estúdios brasileiros, anunciados lá na BGS 2013, finalmente estão chegando.

Like what you read? Give Bruno Izidro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.