Perda

Não havia mais o que dizer.

Beirava meia noite e eu preparava o jantar. Quente, mas não o suficiente para aquecer o coração. Disse palavras feias naquele dia, mas necessárias para a situação. Ela fez uma escolha, e eu não estava incluso.

Em tempos de modernidade, talvez o mais difícil seja apagar fotos. Nós não temos mais o costume de guardar fotografias como antigamente, então tudo fica meio que flutuando. Podemos perder a qualquer momento. Podemos nos separar a qualquer momento.

E quando alguém se vai de nossas vidas, as fotografias representam esse passado. Sorrimos por termos vivido, choramos por ser apenas passado. O que mais dói é aceitar que o presente e o futuro não serão como o passado, e que é preciso fazer uma força para afastar tudo aquilo que nós mais queríamos perto.

É sempre a mesma história
É tão difícil partir
É sempre a mesma história
É impossível ficar
É sempre mais difícil dizer adeus
Quando não há nada mais pra se dizer (Engenheiros do Hawaii)
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.