Eu resolvi falar sobre isso …

Eu resolvi compartilhar isso.

Eu resolvi que escrever um diário poderia me ajudar muito, como também serviria para outras pessoas de alguma forma. Talvez. Sei lá.

Eu resolvi que não tenho mais medo de falar sobre transtornos de ansiedade, depressão e síndrome do pânico.

Eu resolvi que não tenho mais medo de me expor, muito embora, tudo que se passe seja tão íntimo e tão complexo de se compreender que resolvi também não me importar com o que vão pensar, ou falar.

Eu resolvi dizer que a dor física e mental que a gente sente é tão grande, mas tão grande que às vezes dá taquicardia, enjoos, dor na caixa torácica, falta de ar, tosse, dor muscular, formigamento nas mãos, sono profundo, letargia, desânimo e muitos outros sintomas. 

Eu resolvi que a despeito da incompreensão e ignorância alheia sobre o que se passa na mente, não terei medo.

Eu resolvi me juntar aos meus pares para um dia "rir" de tudo que passo e abraçar aqueles que comigo sofrem e aqueles tantos que se encontram na mesma situação. 

No dia 14.06, comecei uma batalha positiva a favor da minha saúde física, mental e espiritual. 

Bem-vindo (a) a bordo,
Eu sou a Carol e tenho um caminho longo para percorrer. Você vem comigo?

Se você tem interesse em assuntos como saúde da mente, filosofia ayurvédica, ervas e especiarias, meditação e autoconhecimento você também pode me seguir no instagram.com/essanossaansiedade.

Ah, também tenho um canal no YouTube, inscreva-se lá: https://www.youtube.com/channel/UCJ4fxBbDcdvoG2HsC0On5sQ