Eu bem que queria, mas antes, preciso…

Eu quero adotar um cachorrinho, mas para isso, primeiro preciso de morar em uma casa.

Eu quero abrir meu negócio, mas para isso, ainda preciso fazer um curso de finanças.

Eu quero usar bikini na praia, mas para isso, antes preciso emagrecer 3 quilos.

Eu quero muito ________ , mas primeiro, preciso de saber/estudar/ter ________

Complete esta frase como quiser.

Se identifica?

Todo mundo já passou ou passa por isso.

Você quer fazer algo, tem um objetivo (pessoal ou profissional) que gostaria de perseguir, mas, sabe como é, antes de dar o primeiro passo precisa comprar aquele tênis que vai fazer toda a diferença na caminhada.

Você pensa que falta ter um pouco mais de segurança. Um pouco mais de preparo.

E vamos postergando. Nossos objetivos ficam soltos, sempre esperando “algo que está faltando”

- uma mãozinha externa, um livro, aquela oportunidade de ouro.

Assim, nossos sonhos nunca viram metas. Viram, no lugar, itens empoeirados de decoração na estante.

Ah! Eu queria ter pedido ao meu chefe uma oportunidade em outra área, mas não me senti pronto.


E se eu te disser que o que você precisa para dar o primeiro passo está aí com você?

Não estou falando para a caminhada inteira, mas suficiente para primeiros passos.

O que você precisa está no seu bolso: são habilidades, conhecimentos que você já possui. São pessoas que você já conhece ou que pode ser apresentada facilmente.


Planejamento e preparação são importantes sim, mas têm um limite.

Nunca nos sentiremos 100% prontos para começar, porque uma parte importante do aprendizado está em exatamente EXPERIMENTAR.

Fazer o que você quer. Dar um passo em direção ao seu objetivo.


O Perfeccionismo não nos ajuda estar mais preparado. Ele nos impede, nos paralisa.

O Perfeccionismo é primo do Pensar Demais e vizinho do Medo.

O antídoto para este ciclo paralisante não é aquela pós-graduação sensacional, nem aquele computador de última geração.


O antídoto é FAZER.

Caminhar em direção à sua meta. Do jeito que você está hoje, com estes sapatos aí. Começando de onde você está.

Lembrando uma frase maravilhosa (quase mantra) do Theodore Roosevelt: “Faça o que você pode, com o que você tem, de onde você está”.


E você? Está passando por algo parecido? Vou adorar saber!

Conhece alguém que anda paralisado? Compartilhe este texto com ele.

Estefânia Barsante tem a missão de Provocar e Inspirar relações mais autênticas (no trabalho e na vida) ❤

É Psicóloga formada pela UFMG e Coach de Carreira pelo Instituto EcoSocial, com MBA em Administração e Empreendedorismo pela FGV. É criadora do conceito Carreira Líquida e pioneira em aliar práticas de Design Thinking ao Desenvolvimento de Talentos e Felicidade no Trabalho. É sócia-fundadora do Work Up Lab.

Quer saber mais? www.estefaniabarsante.com

Ou mande um ALÔ no email ola@estefaniabarsante.com — terei o maior prazer em te responder :)