Khôra

“Para Derrida, o conceito de Khôra ‘seria uma região, um receptáculo, que passaria a ter uma forma a partir de interpretações externas, que deixariam nela a marca esquemática de sua impressão e de sua contribuição. Apesar disso, Khôra jamais se deixaria sequer atingir ou tocar, e, sobretudo, não deixaria esgotar por esses tipos de tradução trópica ou interpretativa; Khôra seria capaz de adquirir as mais diversas formas, mas ao mesmo tempo capaz de permanecer em sua condição original.’”

Igor Guatelli sobre a apropriação do termo Chora (Khôra) de Platão por Derrida.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.