Olhe em meus olhos

E decifre a minha alma

Eles veem o lado de fora, mas não alcançam o que existe do lado de dentro.

Conheço a cor da minha pele, dos meus cabelos e até deles — meus olhos.

Do meu corpo, sei a estatura, sei a estrutura.

Também sei que estilo de roupa, corte de cabelo, tipo de maquiagem ficam melhor em mim.

Uma dieta para emagrecer. Ou não.

Um salto pra ficar mais alta. Ou não.

Por fora sei quem sou. Meu exterior eu posso ver.

O que existe do lado de dentro, o espelho nunca vai refletir. Não está ao alcance do meu olhar.

O que os olhos não veem o coração não sente?

Nem sempre é verdade. Nesse caso ele sente. E pode ser pesado, obscuro, confuso.

Do lado de dentro é assim.

Não há dieta e nem salto alto para quem lá habita.

Não sei que roupa vestir em meus sentimentos.

Não sei maquiar minhas emoções.

E veja só que ironia o que durante toda a minha vida aprendi:

Que eles — os olhos — são a janela da alma.

Se isso for realmente verdade. Se através dos meus olhos que não podem ver meu interior, posso mostrar ao mundo quem sou. Anseio quem veja minha alma através deles e me faça um favor : Decifre-a pra mim.