NAVIOS: Cássio Vasconcellos | Água, céu e navio se confundem em uma mesma imagem

por Marina Broetto

Entre as praias e os portos há tanta distância quanto entre o filme Tubarão e o romance Moby Dick. Pra acercar-se aos mitos marinhos e portuários estão as fotos da série NAVIOS, de Cássio Vasconcellos.

Realizadas no porto de Santos em 1989, as imagens reunidas na exposição mostram navios imponentes desbravando o oceano.

abertura da exposição na Oficina Cultural Pagu __ fotografia: Sara De Santis

Ao posicionar a câmera baixa, no nível da água, Vasconcellos tornou ainda mais expressivo o volume dessas imensas estruturas de ferro que ocupam quase todo o enquadre. Quanto ao aspecto nebuloso, quase flutuante, que as fotografias apresentam, vale destacar o tratamento nelas aplicado. Os matizes foram tratados depois, no processo de cópias de fotografias, e impressas com procedimentos artesanais que possuem a leveza da aquarela. O objetivo desse tratamento era obter uma atmosfera particular nas imagens, encontrar mais monumentalidade e mistério que nos documentos.

Conforme explica o próprio fotógrafo, “depois de muito experimentar, embebi um chumaço de algodão com revelador e fui passando aos poucos sobre o papel, e assim a imagem ficou manchada e com as bordas irregulares, proporcionando um aspecto abstrato”.

NAVIOS aportou dia 12 de outubro em Santos junto ao Valongo Festival e ficará em exposição até 30 de outubro, domingo, na Oficina Cultural Pagu. Não deixe de conferir!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Estúdio Madalena’s story.