Ninguém é gordinho a toa

Este não é um texto sobre perda de peso. Pelo contrário.

Estou na luta nos últimos 3 meses pra me reinventar e um dos aspectos que tenho prestado mais atenção é na alimentação e nos exercícios.

Só que esse não é um papo motivacional, este é um desabafo sobre como é foda ter a mente de gordinho. Me acompanhem em mais um comentário sobre sonhos bizarros:

Era mais um desses sonhos bem esquisitos, com pessoas de lugares completamente distintas interagindo e não lembro bem qual era a situação. O que lembrei agora com bastante clareza foi o momento em que eu e o grupo do sonho estava saindo e passamos por uma máquina super tecnológica que media peso e vários outros indicadores.

Como todo gordinho que tá na vibe de emagrecer, não resistiria a tentação de subir em uma dessas nem acordado, imagine dormindo.

Ao subir na máquina ela começa a fazer alguns barulhos e piscar umas luzes brilhantes. Não lembro todos os resultados que ela mostrou, mas o mais importante deles piscava na tela: 73kg! (Obs.: estou com 78kg e minha meta é chegar justamente aos 73!)

E adivinhem meu comentário ao ver que a meta havia sido alcança? "Ufa, finalmente posso voltar a comer Hambúrguer!"

Ninguém é gordinho a toa. A gente até tenta emagrecer, mas na real sonha é em comer um Hambúrguer.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.