Resistência ao PL 6840/2013 / reformulação do ensino médio

O governo promete anunciar amanhã (22/07) uma Medida Provisória fundamentada no PL 6840/2013, articulado pelo empresariado, cujo assunto é a reformulação do Ensino Médio.

Para quem não está diretamente envolvido no assunto, indicamos a reportagem do Brasil de Fato e o Manifesto do Movimento Nacional em Defesa do Ensino Médio, com informações bem mais detalhadas sobre o processo todo.

https://www.brasildefato.com.br/2016/09/21/essa-reforma-e-uma-imposicao-diz-estudante-sobre-reformulacao-do-ensino-medio/

http://www.observatoriodoensinomedio.ufpr.br/manifesto-do-movimento-nacional-em-defesa-do-ensino-medio-2016-nao-ao-retrocesso-proposto-pelo-ministerio-da-educacao-do-governo-temer/

A tal reforma não está empacada por burocracia, são anos de luta pra barrar retrocessos absurdos, dentre eles: a compulsoriedade da jornada integral, a proibição de acesso ao ensino noturno para menores de 17 anos e a retomada do modelo curricular dos tempos da ditadura militar, de viés eficienticista e mercadológico.

De acordo com o MDEM, “o PL em questão desconsidera pré-requisitos fundamentais para o aprimoramento da qualidade do Ensino Médio que vêm sendo indicados há décadas como necessários e urgentes e ainda não suficientemente enfrentados, tais como a sólida formação teórica e interdisciplinar dos profissionais da educação, em cursos superiores em contraposição às concepções ‘minimalistas’ “.

Mudanças precisam ser realizadas sim, mas não no sentido do PL que fundamenta essa MP. É o PL dos empresários, acelerada pelo governo golpista!

#nenhum direito a menos

#fora temer