52 — Que tipo de gente é essa?

Penso muito sobre essa gente que não se importa com o que os outros dizem

Eu já escrevi em outro artigo aqui sobre onde está a felicidade mas hoje quero fazer outra abordagem sobre o mesmo assunto, sem de qualquer forma desmentir o que já foi dito.

Certo dia, assistindo TV, escuto aquela velha frase “filho(a) use a roupa que te faz bem, não se importe com o que os outros dizem”. Fico aqui pensando. Que tipo de gente é essa que não se importa com o que os outros pensam?

Mesmo não sendo a pessoa certa pra falar sobre moda creio que podemos falar sobre comportamento. Todos nós sabemos um pouquinho sobre comportamento, ao menos no que diz respeito aos que se comportam como nós. De qualquer forma acho que a moda (e por mais fulgaz que possa parecer) é um grande catalizador da expressão humana. A moda é uma das mais fortes maneiras de se descortinar uma pessoa.

Sempre podemos tirar conclusões antecipadas sobre uma pessoa apenas observando seu trajar. Isto não é a única forma de se entender uma pessoa mas isso é uma forma de se expressar mesmo não querendo.

Que tipo de gente é essa que se acha bom o suficiente para si mesmo? Que tipo de gente é essa que dá o beijinho no ombro pra o que os outros pensam?

Existem ainda aqueles que não se importam pra o que os outros pensam sobre o que você come. Vi vegetarianos que preferiam comer sozinhos a dividir um prato de carne com os amigos. Que tipo de gente é essa?

Sem querer ser moralista mas quem é essa gente que tem 12 esposas, que não se importa com as opiniões dos outros e vive a vida sem responsabilidade pelo que o outro pensa? São estas as perguntas que me faço e faço a você.

Esa gente que foge pras montanhas, que vive uma vida “alternativa”, que segue seu rumo sem olhar para os lados?

A vida é muito mais plena quando a gente se importa com o que o outro pensa, especialmente se for a nosso respeito. Essa gente egoista que vive as próprias custas, que diz “eu me basto” não aprendeu quase nada nessa da vida.

I don’t care what you think about me. I don’t think about you at all. — Coco Chanel
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.