Já pensou pra que serve o cinto de segurança?

O uso do cinto de segurança é obrigatório para crianças e adultos, ok. Todos sabemos e estamos cheios de ouvir isso, não é mesmo?

Mas e na prática? Como acontece? Quando nossos bebês esperneiam e não querem de forma alguma se manter na cadeirinha com cinto de segurança? Não tem escolha! O melhor é acalmar o bebê e seguir adiante, com o cinto de segurança! Eu sei que não é tão simples.

Meu filho nunca gostou de andar de carro, muito menos de ficar “preso” na cadeirinha. Foi então que tive que descobrir estratégias que prendessem a atenção para mantê-lo em segurança e eu em paz para dirigir. Sim, em paz! Quem já passou por uma situação no trânsito em que o bebê não aceita ficar quietinho lá atrás, chorando muito, se debatendo…sabe o quanto é desesperador!

Mas a dica é ter calma — já chorei muitas vezes e sei que ter calma é um processo de maturidade nossa principalmente — mas que é absolutamente necessário.

Acalme-se, acalme o bebê (isso pode levar tempo), converse com ele sobre a necessidade de permanecer ali e por fim utilize sua estratégia.

Em casa, nos primeiros meses, coloquei no carri aquele DVD portátil. Aos 12 meses, mudei para a cadeirinha (que no começo ele gostou mas não durou mais que 15 dias kkk) e descartei o DVD porque não surtia mais efeito.

Hoje, aos 18 meses, sempre tenho uma mamadeira com suco ou leite para o embarque, que por aqui é o momento mais tenso — colocá-lo sentado e posicionar o cinto. Quando não tenho o suco, tenho um brinquedo ou um biscoito. Algo precisa prender a atenção dele! Depois que estamos no carro, principalmente quando estamos sozinhos, procuro cantar com ele, contar uma história, abrir o vidro pra ele ver o movimento de fora e por aí vamos….

Mas vale ressaltar que algumas saídas precisam ser bem planejadas, opto por sair quando tenho alguém comigo, pois pode ficar com ele atrás. Ou, naqueles momentos que sei que ele está cansadinho e logo vai dormir no carro.

Hoje na ida para escola, ele quis muito levar seus amiguinhos: Tody e Mili. Aproveitei então para colocar os cintos nos ursinhos e mostrar pra ele que todos precisam usar.

A segunda dica é essa: ensina a criança a usar o cinto, usando. Mostrando o cinto em você, no priminho, na boneca, no urso. Ele vai entender que todos precisam usar e que não é algo ruim. As crianças aprendem muito quando estão brincando.

Papais e mamães, vamos nos lembrar sempre que o cinto é uma medida de segurança para preservar a vida. Multa de trânsito é a punição pelo descumprimento da lei.

Portanto, nada de falar que se deve colocar logo por que o agente de trânsito está passando perto ou por que a blitz está logo ali. Precisa usar o cinto porque é uma medida de segurança!!!

Quem ama cuida! Quem ama ensina o outro a se cuidar também!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Fabiana Duarte’s story.