Pare de rolar a página e pule no precipício

Tenho tentado evitar o Facebook, por conta das questões relacionadas a politica no Brasil que tá foda. Tenho usado o Google Plus que recomendo muito para desenvolvedores e o Linkedin canal pelo qual fui até assediado.

Sempre vi o Facebook como uma ferramenta difícil de lidar com a parte de filtros de busca ruim e de forma geral e uma coisa muito simples que só tem um infinite scrool então pare de rolar.

O que não se pode negar é a aderência de algo que lá acontece. Hoje, é bem possível que aconteça algo no seu bairro, muito próximo a você. Que um jornal local não fale. Que sua vizinha fofoqueira não conte a sua mãe ou esposa. Mas, que vá parar em um canal do Facebook ou Whatsapp. No mesmo contexto algo de relevância nacional ou internacional. E ai chega no ponto da noticia do empreendedorismo nacional/internacional da semana.

O caso Bel Pesce “A Menina do Vale”. Vou deixar links sobre o assunto abaixo.

Tenho um senso critico muito grande e ao mesmo tempo admiro pessoas por coisas simples e coisas extraordinárias da mesma forma. Exemplos de sucesso e de fracasso podem ensinar muito.

Já estava com pé atrás sobre o empreendedorismo e casos startups no Brasil. Programas que atrapalham mais do que ajudam. E em muitos casos ser mais marketing do que realidade mesmo. Para falar o português correto muito picareta se aproveitando de pessoas com sonhos, e convertendo essas pessoas em novos picaretas e/ou destruindo seus sonhos.

Porém, existem casos em que o verdadeiro empreendedor, descobre o golpe e pula sem paraquedas do avião em chamas e no caminho aprende a voar ou faz um para-quedas com a própria roupa. Aqueles que não esperam a mesada do papai, ou usam o “sabem quem eu sou” para criar seu negocio, que acredita no que faz e mete a cara vende o que não tem, pega emprestado, quebra a cara, levanta, tenta, cai, volta pro mercado, se prepara e persiste até dar certo. Converse com alguém que colocou o bloco na rua assim. E fez isso, pra ter uma família, para pagar a operação da mãe doente, salvar o irmão da droga, pagar a faculdade do filho, casar com a mulher da sua vida, ter uma casa, um carro entre outros grandes empreendimentos da vida humana que podemos ter para nos sentir vencedores. Por isso admiro o simples reciclador de lixo, que vai ter mais chande do que qualquer leite com pera no apocalipse zumbi :D.

Eu admiro pessoas simples, pessoas que praticam o Lean Startup na sua vida, fazem mais com menos, principalmente no Brasil. Vamos voltar a Bel citando a bíblia.

Que atire a primeira pedra quem nunca cometeu pecado.

Conheci o Guto Ferreira por conta do caso Bel Pesce o meu azar de não ter sido antes para ir a palestra dele aqui no ES. Me afastei de eventos, por muito blábláblá e de alguns absurdos, e pouca gente de verdade fazendo. Olha eu perdido de novo.

A Bel Pesce, conheci pelo vídeo dela no Geração de Valor, segui o canal, vi outras historias incríveis, o cara da estamparia é uma que fiquei comovido com a garra do cara. Já ouvi outras iguais. Imediatamente comprei o livro dela, dei de presente a minha irmã mais nova. Quando estava com a organização local do Tedx, quase trouxemos ela, na mesma data ficamos na Semana de Ciência e Tecnologia com o GDG Grande Vitória, e isso foi muito gratificante. Ela veio em um segundo momento, autografei o livro da minha irmã, falei pra ela do projeto que ajudo o Wecancer do grande César Filho e tiramos a uma foto.

Sou fã de quadrinhos desde os anos 80. Todo herói em certo ponto não sabe se está salvando ou destruindo a humanidade com seus feitos. Isso foi muito bem retratado no ultimo Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Se perder no caminho é natural, e bom se servir como aprendizado.

Admiro a Bel pela historia, mas sinto que ela pecou em vender o sonho de ser a Menina do Vale no Brasil mesmo com um bom background você pode dar errado.

Relembrando Cidade Negra no álbum Sobre Todas As Forças de 1994 na musica diz: — O que se espera de uma nação em que o herói é a televisão?

Então, pare de rolar e comece a fazer. E faça sem medo de errar, pois todos erram inclusive você.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Fabiano Monte’s story.