“Olé, toro!”

Sobe as castanholas, que nós vamos sambar!

Sem dó! O Brasil fritou o chifre do boi na maior!

Na boa, só aqui mesmo! Fico imaginando os donos da L’Oreal entregando as politicagens do presidente francês, os Rockefellers contando tudo sobre o governo americano, Carlos Slim dramatizando a novela da política mexicana. Sabemos que globalismo são interesses empresariais transnacionais acima de toda e qualquer nação, mas até então estava quase tudo certo ali, sem grandes barracos. A novidade no pacato clube de bilionários mundialistas foi mesmo a cúpula da JBS “me fugir” correndo desembestada atrás do touro de Wall Street logo após ato heróico de apontar a maldição política toda ! Olha, parece demais a lógica da independência de Dom Pedro I quando tempos depois se mandou para Portugal deixando tudo falido pra trás e sem mais explicações.

Vamos convir que é muuuuito Brasil mostrando a sua cara lavada no mundo!

Samba, samba minha gente!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.