Cada um.

Cada um com suas buscas, cada um com suas metas.

Se fechando em casulos, sem espaço para dúvida, falha, ajuda, crítica, respiro, olhares, milhares de toques, deslizes, de likes, mares de filtros, sem ombro amigo, doenças da mente, que a humanidade não sente, olhe pro lado afim de histórias, de gestos, de glórias, de vivências, lições de vida, de inocência. Saia da sua tela, desconecte desse mal necessário.

Na de construir o seu mundo, você pode estar destruindo vários.

Like what you read? Give Fabricio Vidal a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.