O que é melhor para o meu negócio, inbound ou outbound marketing?

Essa com certeza é uma pergunta bem relevante, pois está relacionada ao investimento que terá que ser feito na sua empresa e caso esse investimento seja na opção “errada”, o dinheiro será perdido, como também o tempo investido.

Mas o que é inbound e outbound marketing afinal? Bom, deixei-me explicar de uma forma simples. Muitos dizem que o inbound é o novo marketing, onde não existe a frase COMPRE AQUI e que o mais importante é um conteúdo de qualidade para sua audiência!

Já em relação ao outbound ou marketing antigo, você cria uma propaganda que muitos podem não ler ou prestar atenção, podendo ser uma grande perda de tempo no final! Mas será que é assim mesmo?

Inbound Marketing:

A ideia do inbound é criar um conteúdo de qualidade e dessa forma cultivar uma audiência que está interessada no assunto proposto aumentando o tráfego no seu blog ou site. Você conduz a audiência no chamado funil de vendas, fazendo ela caminhar até o fundo do funil, sendo que cada etapa do funil é uma etapa qualificatória.

A trajetória do possível cliente no funil, vai qualificando ele de um simples interessado, para um possível comprador até o momento que o negócio é fechado e ele vira finalmente um cliente.

O principal objetivo no inbound marketing é a solução do problema, para isso são criados artigos técnicos, perguntas e respostas, desafios, ebooks e outros conteúdos. Tudo isso, está alinhado com cada etapa do funil de vendas, mas sempre interessado em resolver problemas e nunca em vender um produto ou qualquer coisa.

Quanto mais complexo o conteúdo, mais o interessado precisa “pagar” por ele, isso quer dizer, ele fornecerá informações (via Landing pages) para ter acesso ao conteúdo e isso será parte da trajetória no funil de vendas.

Com essas informações em mãos, você começa a nutrir seu lead através de um email marketing por exemplo, com as informações relevantes para que esse lead vire um cliente de fato.

O investimento no inbound marketing é menor, com um retorno de médio a longo prazo, mas caso tenha uma boa otimização de SEO, conseguirá rankear melhor seu BLOG. Dessa forma, poderá ter um retorno em um prazo menor sem a necessidade de investimento em propaganda.


Outbound Marketing:

O foco do outbound é ser aquele marketing invasivo, que não pede licença para aparecer e diz compre aqui! Este tipo de marketing é bastante conhecido, pois à todo momento temos contato com ele, através de propaganda de TV, outdoors, propaganda em revista entre outros veículos.

No meio digital, o outbound aparece com emails marketing com a descrição técnica do produto, banners e pop-ups dizendo para visitar o site da empresa ou com uma frase COMPRE AQUI.

O investimento será bem maior do que no inbound marketing, pois você precisa investir em propaganda em diferentes meios, onde seus clientes estão e caso pare de pagar, você simplesmente sumirá!

Por mais que seja antigo, o outbound ainda tem investimento de muitas empresas por que ele funciona em larga escala. Você precisa de uma estrutura maior, mais investimento de marketing e sua rejeição será grande, mas em curto prazo irá gerar vendas, mesmo que a maioria dos clientes não gostem da abordagem agressiva.

Como é feito o outbound marketing:

  • Cold Calls— Ligações com roteiros pré determinados para cada segmento, visando resolver problemas comuns do dia com seus produtos
  • Email Marketing — Anúncio de produtos e soluções para cada segmento específico, além de ofertas de vendas.
  • Mala direta — Enviar propaganda e ofertas para diferentes segmentos.
  • Anúncio em Social Media — Promova seus produtos, soluções e serviços na mídia social ou site especializado.
  • PPC — Utilizar de dados psicográficos para ter um alcance específico em determinado segmento e cliente, com uma mensagem bem direcionada para o cliente.
  • Eventos — Veja os eventos que irão ocorrer em diferentes segmentos e crie propagandas para quem irá comparecer, dizendo: Compre meu produto, soluções ou serviços para solver seus problemas diários.

Dados relevantes:

Alguns dados são bastante importantes para essa comparação, listei aqui algumas informações segundo o site Voltier Digital, que levou como base diversos sites especializados no assunto:

Dados sobre outbound marketing:

  • 84% dos usuários de 25 aos 34 anos deixaram sites favoritos por conta das propagandas irrelevantes e intrusivas.
  • 91% dos usuários de email, se desinscreveram do email que eles tinham optados entrar antes.
  • 44% dos emails diretos não são abertos
  • etc.

Dados sobre inbound marketing:

  • 67% das empresas B2C e 41% das empresas B2B já tiveram clientes adquiridos via Facebook.
  • 57% dos negócios, já adquiriram clientes através dos seus blogs e 42% adquiriram clientes através do Twitter.
  • 2/3 dos comerciantes dizem que o blog é importante ou essencial para os seus negócios.
  • 83% dos comerciantes dizem que o Facebook está sendo importante ou essencial para os seus negócios nos últimos 2 anos.
  • Inbound marketing custa 62% menos do que o tradicional outbound marketing.

Mas afinal, vou de inbound ou outbound marketing?

O ideal é fazer os dois, ou tentar mesclar as duas opções, pois de qualquer maneira a opção do outbound irá trazer benefícios de curto prazo, mesmo custando mais. Dessa forma, pode ser uma maneira de viabilizar a implementação do inbound marketing na empresa, pois o inbound tem uma visão de médio a longo prazo.

O inbound é muito mais fácil de mensurar do que o outbound, pois você consegue ter acesso a muitos relatórios, leads, quantidades de cliques e conversões. Já no outbound é um pouco mais complicado, pois como você irá medir o sucesso de uma propaganda feita em uma revista?

Tente trabalhar ambas soluções, mesmo com uma grande diferença já comprovadas, ambos os métodos irão te trazer retorno de curto, médio e longo prazo. Mas fique atento na jornada do seu cliente e entenda como ele tem comprado ultimamente, pois esse pode ser o fator primordial para focar mais em uma opção do que em outra.

Referência: http://mashable.com/2011/10/30/inbound-outbound-marketing/#mjslBsTUakqO

Sobre o Autor:

Olá sou Fabrício Andrade, atualmente vivo em Berlim na Alemanha, trabalho como especialista de marketing industrial em uma startup. Tenho mais de 10 anos de experiência no mercado de automação industrial e de algum tempo para cá, tenho cada vez mais me aprofundado no marketing de produto, digital e de conteúdo.

Sou apaixonado por tecnologia, música e quadrinhos.