República

E eis que o poeta foi eleito prefeito da Cidade, 
contrariando os institutos de pesquisa e Platão
No primeiro dia, dormiu até mais tarde:
faltou à posse
No segundo, era sábado e não ficava bem 
Domingo é dia santo 
Segunda-feira, num primeiro ato, alterou o nome de ruas,
vãos, vielas, becos, alamedas, avenidas, praças, parques:
Versos livres nos decassílabos heroicos da Cidade
Trocou sonetos por haikus
Aboliu as redondilhas 
Mandou publicar tudo no Diário Oficial

Renunciou no terceiro dia útil
E foi-se embora pra Pasárgada

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Fabrício Valério’s story.