Imagem do Jogo Mario Run

Trabalhando das nuvens

Sobre trabalho remoto

11h UCT. 9AM Brasília. Horário que rege Campinas, Porto Alegre e Brasília. 12PM Milão, 11.000km de Porto Alegre. O time composto por oito membros inicia o dia enviando um hyperlink que inicia a conversa por vídeo, criptografada, onde todos devem dizer o que fizeram do seu dia anterior, o que há planejado para hoje e quais são as dificuldades previstas.

Através da adoção de processos simples, como conversar, ser transparente e se ater ao que foi combinado é possível se comprometer com resultados. 
Antes do período prometido de obtermos um robô que analisa as contas da CEAP, a Operação Serenata de Amor comemora com 15 dias de antecedência o sucesso do seu software, e permanece trabalhando apenas para refinar o processo e aumentar a vazão das investigações, que pode gerar uma devolução de até mais de 2 milhões de Reais, frutos de corrupção.

Esse artigo, que é um convite do TEMPLO.cc, é para explicar como se deu a organização e o trabalho remoto, muitas vezes assíncrono, da Operação Serenata de Amor e como ele pode ser aplicado na sua vida.


Por que remoto?

Porque você já faz trabalho remoto. Só não está combinado os detalhes. 
Toda vez que você responde um email de casa, do banco de trás do carro, resolve aquele problema gritando EUREKA durante o banho, conhece aquele contato especial no bar onde é a única oportunidade de apresentar o seu projeto e adicionar um super membro time. Tudo isso é trabalho, que ocorre fora do escritório.

Organizar e estruturar o trabalho remoto pode trazer diversas outras vantagens, como a busca de talento internacional, cortar custos com estruturas físicas, permitir estilos de vida que não fiquem presos no trânsito às 8am ou 6pm, ou simplesmente ter um cachorro jogado no sofá ao teu lado.

A lista de industrias que são capazes de adotar trabalho remoto são diversas: contabilidade(ou teu contador fica dentro do teu prédio?), propaganda(se teu criativo fica em outro escritório, as vezes às 23h no prédio, sozinho, criando, porque não completamente remoto?), design(e todos os criativos que dependem de um fone de ouvido com redução de ruído para criar), produção de filmes, financeiro, seguros, departamento jurídico, recrutamento, e nosso caso — software. A área de software ainda possui vantagens especiais de criar as suas próprias ferramentas de trabalho, discussão e reunião de produção que é capaz de influenciar a própria democracia.


Como faço para começar a experimentar?

Existem alguns desafios a serem superados antes de adotar o trabalho remoto. Muitos deles são referentes a condição humana, seja da segurança da liderança, seja da maturidade dos membros do time.

Compromisso — garantido
Trabalho remoto não significa que posso sair no meio da tarde para ir no cinema, comprar móveis, passear com o cachorro e não produzir. 
A produção tem que ser projetada, medida e acompanhada de maneira transparente. A liberdade de se usar a hora que se quiser para trabalhar significa a responsabilidade de se trabalhar as horas necessárias e entregar o projetado. 
Para isso é possível usar um controle de horas, que pode ser algo muito simples, como um relógio ponto virtual, ou até mesmo um software que observe qual programa você está utilizando. Para os controladores extremos, há versões que inclusive mostram o conteúdo da tela ao invés de apenas o título do programa/janela do navegador aberta.
Assim que decidir sobre o método de acompanhamento do compromisso de trabalho, é necessário compreender se essas horas estão sendo utilizadas com compromisso, em excesso ou em falta. E com isso ajustar o rumo do time.

Compromisso — em excesso
Não permita que seu time sofra. Garanta ergonomia, invista em ergonomia e use dos sistemas de controle de tempo para evitar excessos. 
Se alguém trabalhar demais, o convide para ir ao cinema na segunda-feira a tarde até que ele parece de se sentir culpado por aproveitar a vida.

Comunicação
Não existe nada mais importante em um time remoto do que a comunicação.

Além de definir canais de comunicação, independente do software, é necessário que os humanos envolvidos estejam cientes que se faz necessário comunicar tudo por texto. Quase tudo o que é escrito tem que ser público ao time, as vezes é porque outros membros podem compartilhar de dúvida ou necessidade daquela mensagem, seja porque é importante replicar o salão/cozinha/corredor no ambiente virtual. Além disso, o software tem que manter o histórico para que cada membro resgate a memória e possa se atualizar. Isso é indispensável quando há trabalho assíncrono. Como gestor, se você não permitir fluxo de informações, as informações acharão um meio de fluir sem você. E os riscos disso estão muito bem documentados em artigos e livros sobre gestão.

Todos os membros do time tem que ter uma perícia de comunicação tão excelente quanto do melhor comunicador do time. Garanta isso com políticas e treinamentos, sob o risco de criar desconfiança, falha de comunicação, comunicação paralela, e falta de coleguismo.

Comunicação — Escrita
Grande parte de toda a comunicação entre membros do time será por via escrita. E-mail, chat, lembretes, descrição de tarefas. E principalmente, acompanhamento diário. 
Deixar explícito no chat quando se está ou não está realizando trabalho é o mínimo. 
Dizer em qual tarefa é o mínimo. 
Dizer que está trabalhando, na tarefa específica, como compreendeu que ela gera valor para o cliente e descrever a estratégia de solução é o ideal.
Um sistema de conversa do time irá se tornar a documentação viva, contendo entradas e saídas, registros, compreensão sobre a gravidade dos problemas e a descrição das soluções.

Fazedores
Identifique quem são eles no seu time. Teste essa qualidade quando for contratar membros para um time remoto. 
Se você tiver dúvidas se uma pessoa é uma “fazedora”, deixa ela com pouca instrução e colha os resultados no final. Pessoas que fazem as coisas acontecer sem a necessidade de micro-gerenciamento são pessoas ideais para times remotos.