Prefeitura do Recife e suas(nossas) despesas

Vocês conhecem o site http://dados.recife.pe.gov.br/ ? Basicamente, é um site onde a prefeitura do Recife fornece vários dados públicos. Eu decidi pegar os dados das despesas da prefeitura. E eu formulei várias perguntas(hipóteses) para iniciar a pesquisa e sim, algumas foram bem óbvias.

Questionamento #1: Ao final do ano, devem existir mais contas à serem pagas?

Dezembro é o 2º colocado na lista de meses com mais contas de 2014, porém do top 6 de quantidades de despesa por mês, todos os outros 5 são do primeiro semestre.

Segue os resultados:

ou para visualizar melhor:

Exceto janeiro. Porque?

Seguem as minhas hipóteses:

  • De fato não há contas no mês de janeiro e basicamente o trabalho é realizado somente nas pendências do mês de Dezembro.
  • A força de trabalho da secretaria de contas está bem reduzida pois boa parte do quadro de funcionários está de férias, logo menos trabalhos = menos resultados.
  • Nenhuma das anteriores.

Talvez eu consiga achar algum representante da prefeitura para enteder os do’s and don’ts dentro da prefeitura.

Questionamento #2: Que secretaria paga mais?

Meu chute inicial seria alguma secretaria de saúde ou serviço social, e pelos dados:

Eu acertei!. Apesar que eu não sabia que a secretaria da prefeitura se chamava “Fundo Municipal de Saúde”…mas legal saber que boa parte das contas também vai para a secretaria de educação mas será que eles recebem o maior repasse em valores absolutos? E porque a secretaria de infraestrutura, coitada das nossas avenidas, tem poucas contas? Quem serão os mais contratados?.

Questionamento #3: Quem gasta mais?

Antes de saber quem gasta mais…. só para saber o quanto nossa prefeitura gastou em 2014:

R$953,674,879.87 ( 953 Milhões 674 mil ) Reais.

O que você acha desse valor?

Questionamento #4: Será que a prefeitura realmente possui muito dinheiro para investir?

Basicamente é como se para cada cidadão, que pelas estimativas do IBGE são 1,617,183, fossem arrecadados (ou investidos) 589R$ por contribuinte, apesar que sabemos da quantidade de inadiplentes é bem alta(um dado que eu ainda preciso buscar), será que distribuir os recursos dessa forma é viável?

O que você acha que é possível fazer de relevante caso você tivesse 589R$ para contribuir em despesas públicas? Ou será que estou sendo injusto em perguntar isto pois o rendimento mediano (possivelmente, o mais próximo da realidade) é de apenas 500R$ por domílicio? Ou melhor ainda: este valor é algo realmente preocupante já que o rendimento médio por domílicio é de R$3.755?

Fonte: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=261160&idtema=16&search=pernambuco|recife|sintese-das-informacoes

Então pessoal, este é o estudo que tenho feito esses dias e espero que tenham inspirado vocês a olharem mais para sua prefeitura ao invés de ficar tentando resolver o macro (nosso país), procurem resolver as pequenas coisas.

Abraços,

-8.097342 -34.927900

Areias, Recife — State of Pernambuco, Brazil

Originally published at fbormann.wordpress.com on October 24, 2015.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.