Isso é sobre raiva

filme EU NÃO SOU SEU NEGRO

Eles reprimem

Aí que eu pensei na represa, na barragem que eles construíram pra usar a força da água.

Eles viram a força das águas e pensaram: eu defino os fins dessa força.

E eu não tô falando das barragens da geração de luz. Não, essa não é a geração da luz.

A relação é diretamente proporcional.

Quanto mais repressão, mais violência nas águas que explodem.

E o erro mais inconseqüente é condenar a violência das águas, violência que existe em consequência da barragem, uma violência estruturada a dez mãos.

Se você condena, tá reprimindo de novo, tá insistindo no erro e, repito, é diretamente proporcional.

É estrutural.

Tem corpo represado.

Tem corpo que nunca foi represado, que nunca vai ser. E a informação é fraca pra um dia saberem como é.

Nosso corpo é uma pequena porção de catástrofe natural.

Isso é sobre raiva.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.