Como você pensa que isso poderia ser feito?
Tales Gubes
11

Certa vez, li, num livro, sobre a existência de “paqueródomos”, lugares dedicados a promover o encontro de pessoas interessadas em namorar e paquerar.

Há, também, a escola, cuja finalidade é promover o encontro entre pessoas para a garantia de aprendizagem.

Ou seja: Há lugares dedicados a promover o encontro entre pessoas para as mais variadas finalidades.

Poderíamos pensar em construir lugares dedicados a promover encontros entre pessoas para a colaborar entre si.

É, simplesmente, trocar favores, compartilhar dons e talentos.

É um programa de desenvolvimento local baseado na comunidade.

Basta habilitar pessoas na arte do autoaprendizado para a criação de redes de contatos dispostos a ensinar, plataformas de interação capazes de gerar modelos de negócios a partir de tecnologias colaborativamente criadas e etc.

Tenho muita literatura para pensar e executar programas comunitários capazes de articular redes de interação para o progresso humano.

O mapa da empatia é uma ferramenta necessária para isso, por exemplo.

Like what you read? Give Felipe Gruetzmacher a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.