O poder de influência das redes sociais

Redes sociais são uma realidade. Poucas pessoas, na atualidade, vivem totalmente desligadas delas. É justamente por você encontrar a maioria dos seus amigos e conhecidos nela que elas tornam-se tão poderosas.

O que passa desapercebido é o fato de que o que você visualiza na verdade não é precisamente tudo o que foi postado e deveria ter chegado a você. Ai que entra o tal “algoritmo do facebook”. Ele é capaz de selecionar como quiser o tipo de conteúdo de cada amigo chegará até você. Esse gráfico abaixo mostra uma pessoa com postagens positivas e negativas e qual poderia ser a filtragem que ele faz para influenciar o seu comportamento.

Repare que nesse caso o algoritmo selecionou apenas as postagens de opinião negativa para exibir para os outros usuários. Esse tipo de mecanismo pode influenciar no comportamento dos usuários pois de um lado algumas pessoas passam a ter uma impressão distorcida dos seus contatos e do outro a pessoa que posta de tudo acaba sendo tratada como se postasse apenas coisas negativas.

Em um cenário de polarização forte esse tipo de poder de uma rede social pode causar um estrago enorme em uma sociedade que passará a brigar entre si consequentemente retardando o progresso e avanço social-econômico. Na minha opinião essa seletividade do algoritmo da rede social pode agravar ainda mais a polarização pois todo mundo passa a ter uma percepção que parte dos seus contatos é extremamente radical. Veja esse tweet de uma ex funcionária do facebook:

https://twitter.com/MichaelBKelley/status/796508443624476673

A consciência de que as redes sociais filtram as postagens, sem abrir publicamente o critério, é importante pois você mesmo poderá perceber como ela pode influenciar na forma como você percebe as pessoas e suas opiniões.

Honestamente eu preferiria ver algo orgânico e não algo selecionado por um algoritmo que foi feito para atender os interesses do Facebook e não dos seus usuários.