De novo, Barbara?

Esses dias saiu o boato de que o grande Christoph Waltz voltará nas DUAS próximas aventuras de James Bond, se levarmos em consideração que Daniel Craig fará apenas mais um filme, o ator austríaco ficará na série mesmo depois da saída de Craig.

Mas aí surgiu um problema, digamos assim. O mesmo boato, reforça que Waltz só aceitará participar de Bond 25 e Bond 26 se Craig também estiver.

Peço desculpas aos meus outros amigos fãs de 007, mas não consigo enxergar um lado positivo nos dois casos: Craig fazendo mais dois filmes e Waltz retornando também nos próximos dois filmes.

Pelo amor de deus, não me entendam mal, mas eu não gosto da idéia do Waltz voltar por ele ser um ator ruim. Muito pelo contrário! O cara tem uma atuação absurda. Um baita ator! Só não gostaria de ver Blofeld mais uma vez. Em 007 Contra Spectre, Waltz até foi bem como Blofeld, o que ficou muito mal desenvolvido na trama, foram os motivos que levaram ele a perseguir o 007. Podiam ter aproveitado o Waltz de uma maneira muito melhor. É por isso que, na era Daniel Craig, o Raoul Silva de Javier Bardem em 007 — Operação Skyfall, continua sendo o melhor vilão.

A não ser que Blofeld retorne com outras motivações e remodelado. Aí sim podemos conversar, mas ainda com um pé atrás.

E quanto ao Daniel Craig, na minha sincera e humilde opinião, não consigo ver Craig fazendo mais dois filmes. O Bond 25 já deveria encerrar a fase dele como James Bond. Sim, devemos ver como ele vai estar fisicamente até lá, tendo em vista que as marcas da idade já são nítidas nele, desde Skyfall, ou será que querem um James Bond tiozão como vimos no Roger Moore em “Na mira dos Assassinos”? Não né, por favor!

Enfim, não sei de quem é a responsabilidade destes assuntos que eu citei aí em cima, mas na dúvida, vou associá-los a Barbara Broccoli, produtora da série, que depois que algumas bolas foras aí, começou a acertar a mão em algumas coisas. Mas sendo assim, por favor Barbara, spectre de novo não, tá bom?