[Review] Rupaul’s Drag Race S08E08 “RuPaul Book Ball”

Barraco, treta e confusão esse foi sem dúvidas o episódio da 8ª temporada mais badalado nesse sentido, ainda assim não é isso que o torna tão especial.

O episódio começou com a Derrick mais uma vez trazendo a roupa suja pra lavar, as outras queens reagiram e retornaram com criticas bem severas ao trabalho da amiga, ainda que verdadeiras. Tivemos então o mini-challenge dos fantoches que aparentemente já se tornou clássico e, como o da biblioteca há duas semanas, foi divertidíssimo do começo ao fim. E depois de Ru ditar as regras do challenge a discussão voltou a tona, e Derrick começou a pegar pesado com a Naomi, inicialmente a discussão parecia divertidíssima de se assistir e eu já tava pegando minha pipoca junto com a Kim mas algo que vem me cansando nas discussões nessa temporada voltou a acontecer: Derrick não aceita (ou talvez não entende) as críticas e ao invés de tentar assimilá-las fica sempre remoendo.

O que Derrick precisava entender era que as meninas não estavam atacando ela diretamente, nem mesmo o trabalho dela como drag inpersonator, mas sim ao fato de que ela não estava preparada para o reality e de que ela não tinha a versatilidade suficiente para ganhar a coroa.

Veja, essa é uma situação bem semelhante e ao mesmo tempo diferente do que acontecia com Sharon Needles, ela também era criticada por fazer um estilo de drag diferente, no entanto ela não estava limitada àquilo ou tentando aprender como sair disso, ela já tinha uma noção certa das suas capacidades e de como apresentar resultados diferentes. Além do que, mesmo quando limitada ao estilo “gótico trevoso” ela estava preparada para mostrar diversas habilidades: makes poderosas, atuação, costura etc.

Derrick chegou até aqui com poucas makes (nenhuma realmente poderosa), a atuação teve altos e baixos e na costura foi só decepção. Não adianta, já estava mais do que na hora dela ir.

Ainda rolou uma pequena discussão sobre a make da Bob, que realmente não está no nivel da Kim ou da Naomi mas isso foi deixado de segundo plano e particularmente podia até passar batido pois apesar de tudo a Bob sempre apresentou um desempenho aceitável nesse quesito.

MAXI-CHALLENGE

O desafio consistia em criar uma especie de história sobre sua vida através de três looks, um deles completamente feito de livros. Como grande entusiasta dos desafios de costura, principalmente esse mais não-convencionais, eu já estava feliz logo de cara. Como esperado Kim e Naomi foram os nomes do episódio e quando eu disse lá no começo que as tretas não foram o que tornaram o episódio especial eu credito isso a elas. Ainda que tenha sido interessante conhecer um pouca da história de cada queen (principalmente a de Derrick) foram as histórias delas que ganharam mais destaque e tornaram o episódio mais emocionante. Particularmente consegui me identificar bastante com as duas, principalmente com a Kim Chi.

Ah, o desafio também envolvia uma perfomance em grupo mas outra vez não acrescentou muito ao episódio ou foi levado em conta pelos juizes, tanto é que se tivesse sido levado em conta a Naomi com certeza iria melhor que a Kim Chi.

UNTUCKED

Geralmente eu não dedico um espaço especial para o Untucked pois costumo fazer comentários rápidos mas nessa semana aconteceram muitas coisas legais que eu gostaria de pontuar.

Primeiro que tiveram mais tretas, mas ai eu já estava cansado.

Segundo que teve MUITO amor com o video da mãe da Naomi que foi superfofo.

Terceiro que expôs para quem ainda não entendeu que o reality show é uma coisa e a REALIDADE é outra coisa. Ainda que as queens briguem entre si, troquem farpas, joguem shade e no fundo tenham as pessoas que mais gostam e menos gostam, elas não são inimigas e não se odeiam. Não existe ninguém bom ou mau, existe pessoas cinzas, e ainda que o reality nos apresente elas como personagens elas são pessoas e como tal são cinzas. A confraternização das 5 foi superfofo também e é daquelas coisas que mostram como elas criam um laço forte de amizade dentro do programa ainda que tenham suas divergências.

Quatro: Enquanto Kim ganhou mais destaque no episódio em si, Naomi ganhou mais destaque no Untucked. Uma das partes mais interessantes para mim foi como ela conta em um confessionário da dificuldade de se definir com medo ser rotulada, pois como ela prefiro não me definir do que me definir e me sentir limitado àquela definição. Quando ela diz por exemplo que adora ser supermodel mas não quer ser conhecida assim pois também quer fazer comédia ou atuar é, em menor escala, exatamente como eu me sinto quando alguém me diz que algo é “a minha cara”. Sim, eu adoro a coisa que a pessoa está apontando mas não é a unica coisa que adoro, não é aquilo que me define. Meu amor por Naomi só cresceu com esse confessionário ❤

RUNWAY LOOKS E COMENTÁRIOS SOBRE AS QUEENS

Eu tentei definir qual foi minha preferida mas isso foi simplesmente impossível, daria muito bem para colocar Naomi, Kim e Chi Chi igualmente no 1º lugar, mas eu me esforcei um pouco e deixei o empate só entre Naomi e Kim. Se formos analisar individualmente os três looks da Naomi podemos dizer que eles foram sim melhores do que os da Kim Chi, mas acho que ela mereceu a vitória (bem como esse empate) por ter apresentado a “coleção” mais coesa. Se a ideia era contar uma história, os looks dela foram o que chegaram mais próximo disso, ainda que numa vibe meio “todo Pokémon evolui”. Dos seis looks apresentados o único que não me agradou muito foi o Baby Drag Realness da Kim Chi, ainda assim achei fofo.

Quero aproveitar esse espaço também para dizer como eu amo a amizade da Kim e da Naomi e se você adora essa relação tanto quanto eu sugiro que siga elas nos Snapchat pois elas sempre estão saindo juntas e é muito divertido: “legs4days69" e “ Kimchi_chic”.

Chi Chi entregou de longe os seus melhores looks de toda a temporada, tanto o That’s My Mama Realness quanto o Autobiographical Eleganza Extravaganza estavam incríveis e a make do segundo era quase uma obra de arte. Apesar de vir entre altos e baixos eu também gosto muito da Chi Chi e adoro quando ela apresenta coisas incríveis, se ela tivesse sido mais consistente durante a temporada ou tivesse conseguido apresentar um progresso linear como a Naomi nos últimos episódios eu colocaria ela no topo do ranking, mas agora com a saída da Derrick ela se tornou a mais fraca dentro da competição e não posso deixar de torcer para que ela saía no próximo episódio. Só assim meu top 3 perfeito se realizaria, alias, estava pesquisando aqui e não importa quem seja eliminada, o top 3 será mesmo formado de filhas do reality. Ainda que eu não tenha encontrado nenhuma declaração de Kim ou de Chi Chi deque elas começaram a fazer influenciadas pelo reality ou por alguma drag presente nele (como é o caso da Bob e da Naomi) elas começaram a fazer drag depois que o show já estava no ar por alguns anos e com certeza o poder que o programa exerce sobre a cultura gay pop deve ter rebatido nelas em algum momento.

Bob também foi incrível, o Baby Drag dela foi para mim o melhor entre as queens e o Autobiographical entra na lista dos seus melhores looks da temporada, infelizmente como precisavam ir duas pro bottom e ela não conseguiu se adequar bem ao que o desafio pedia e ao que Michelle esperava ela acabou indo pra berlinda. Particularmente acho que o lypsinc da Derrick foi melhor mas o da Bob não chegou a ser tão discrepante e as três vitórias da Bob devem ter pesado na hora de escolher a Derrick para sair. Além disso Derrick foi mesmo a pior no desafio semanal. Apesar dessa pequena recaída ainda acho que Bob chega na final e ganha, mesmo com a Kim Chi disputando a coroa de forma acirrada.

Como já comentei Derrick teve o pior desempenho nos desafios, o Baby Drag não tinha nada de baby bem como fugia da ideia proposta de ser as queens crianças provando a roupa da mãe e se sentindo especial. O look That’s My Mama foi só ok, nada que me deixasse interessado para conhecer mais sobre a sua mãe como no caso de Chi Chi e Naomi, ou que me deixasse maravilhado pelo look como no caso da Kim Chi e da Naomi. Por fim o Autobiographical devia ser de longe o mais Autobiographical de todos, mas acredito que dava para se representar bem sem apresentar a mesma silhueta pela milésima vez além de quê o look não parecia ter o mesmo cuidado que o das outras. Ainda que tenha sido mais direcionada para Bob a fala de Kim Chi no Untucked cabe muito bem aqui para Derrick também, era preciso “embrace the materials” para conseguir um resultado mais satisfatório.

RANKING GERAL

Dessa vez a Kim ultrapassou Bob na contagem de pontos, contudo ainda acho que Bob será a vencedora da temporada por isso a coloco no topo da lista. Naomi e Chi Chi estão em 3º e 4º respectivamente tanto na pontuação quanto na minha percepção da temporada.

Bob the Drag Queen (11)

Kim Chi (13)

Naomi Smalls (9)

Chi Chi Devayne (5)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.