Meu Top 10 Filmes de 2018

O ano de 2018 foi para mim o mais revigorante tratando-se de cinema, foi o ano que mais vi, li e ouvi sobre filmes na vida, me aprofundei em filmografias e (re)descobri inúmeras obras que mexeram de diferentes formas comigo. Ao todo foram 395 filmes e 47 Documentários, totalizando 442 obras. Sendo elas 60 Nacionais e 166 do ano de 2018.

Esse ano também foi o meu momento de tentar diversificar mais o meu catalogo, me aprofundei na filmografia de nomes como Robert Bresson, Hirokazu Koreeda e Lee Chang-dong e movimentos como o Blaxploitation que são de certa forma uma obrigação, mas também conheci mais do cinema africano em especial do senegalês Djibril Diop Mambéty.

Nesse breve recorte que ando fazendo, foi um ano de coisas imensamente positivas para mim e espero melhorar mais, me aprofundar, escrever, ouvir e debater. Existem sempre coisas novas para ver e antigas que merecem ser revistas ou descobertas. Enfim, dentro de tudo isso decidi fazer uma modesta lista com os filmes que mais gostei do ano, alguns que provavelmente brigariam para entrar não consegui ver ainda como “Assunto de Família’’, “Suspiria’’, “Se a rua Beale falasse”, etc. Mas fica aqui uma pequena mostra do meu 2018.

10º Um Elefante Sentado Quieto, Bo Hu

Infiltrado na Klan, Spike Lee

As Boas Maneiras, Juliana Rojas, Marco Dutra

Amanda, Mikhaël Hers

O Outro Lado do Vento, Orson Welles

Arábia, Affonso Uchoa, João Dumans

First Reformed, Paul Schrader

Ponto Cego, Carlos López Estrada

Roma, Alfonso Cuarón

Em Chamas, Lee Chang Dong