This story is unavailable.

Eu já discordo em partes.
Já trabalhei como Freelancer e hoje tenho Freelancers trabalhando comigo.

A maioria dos pontos apresentados, pode ser facilmente quebrado ou discordado em partes.

Vamos pela ordem:
Time (in)Completo: Em partes concordo, mas hoje com a facilidade e ferramentas como Trello, Slack, entre outras, torna-se muito melhor o trabalho em equipe, mesmo remotamente e nada impede de ter Freelancer no qual já conhece e já trabalharam junto.

Claro que isso também depende do time montado e claro que não de uma escolha de qualquer profissional ou sobrinho, é o mesmo problema de contratar um profissional para a empresa, porém com menos burocracia e maiores opções, já que o Freelancer pode trabalhar de qualquer lugar do mundo, logo pode inclusive ter Freelancer melhor que muito funcionário contratado.

(sem) Disponibilidade: Mais um caso de saber escolher o profissional correto e sim raramente um Freelancer vai viver de um projeto, a não ser que seja pago para isso e bem. O importante é ele cumprir o combinado e trabalhar no tempo contratado ou cumprir o prazo do projeto.

O mesmo vale para funcionários de uma empresa e pode até ser pior, já vi casos de agência que faz mais sites e lojas que suporta e com prazos errados, no fundo tudo depende da gestão e profissionais envolvidos.

(falta de um) Contrato: Pode e deve-se fazer um contrato para trabalhar com um Freelancer, inclusive já incluindo nele um dos pontos mencionadas como entrega do código e código aberto. Pode incluir que qualquer produto ou código feito, pertence exclusivamente ao contratante e outros direitos justos para ambos.

Eu achei um pouco tendencioso esse artigo, como toda profissão, existem sim profissionais ruins, amadores ou que vão pelo preço e claro entregam algo condizente com isso e clientes que também escolhem pelo preço e não pela qualidade.
Todo problema, seja de ter um funcionário fixo ou freelancer, depende da gestão e escolhas corretas e claro foco da empresa, eu prefiro focar em Qualidade, já outros podem preferir em baixo custo de mão de obra.

Mesmo uma empresa com diversos profissionais de TI, pode deixar de cumprir o combinado ou ter mão de obra não muito qualificada devido o alto custo de bons profissionais, logo não podemos também generalizar e inclusive eu como Freelancer já atendi muito cliente, no qual a agência que ele contratou, não cumpriu o combinado e deixou na mão, inclusive vejo muita “agência”, fazendo trabalhos porcos, sem nenhum cuidado com o código ou as vezes até sem desenvolvedor, claro que esse também é um caso a parte e existem sim empresas sérias também, assim como tem Freelancer sério.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.