O café esfriou e foi esquecido na xícara de sempre.
A janela ficou aberta, a chuva e as folhas invadiram a sala.
A louça acumulou. O cesto de roupa lotou.
A noite ficou silenciosa sem o celular apitando.
Foi dormir mais cedo sem ter mais quem esperar para desejar Boa Noite, ou pelo menos tentou dormir mais cedo.
Os olhos esvaziaram, o coração pesou.
O perfume preencheu cada canto da casa.
A mente se perdeu pela noite pensando no espaço vazio na cama, a insônia se acomodou ali com ela.
Não resistiu e enviou a última mensagem.

cê volta?
Like what you read? Give Fernanda Cocelli a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.