Fazer arte faz parte

Oportunidade
Criar com responsabilidade
Da necessidade,
Antena da sociedade.

Artista que vive
bondade e calamidade
processamento no córtex
Direito ao equilíbrio!

entrou no rolê.
Pare e entenda:
“Tudo bem não estar bem”
Isso é o saber, não ser.

Magia ou meditação
Por que sempre binário?
As expansões e transformações
Provocações, intolerâncias.

Aqueles que não abriram
os bois na boiada
corredores pensantes
cérebros alugados. mundano.

Dinheiro é opção
troca escravizante,
produtos gentis,
o resto já passou.

formaram-se,
no silêncio do sofrimento
comunidades de pessoas
só.

E aquele que depois enxerga,
vazio, trágico.
quem mais poderia saber?
tudo, parecia bem.

Na estética do aleatório
e no hábito de não entender,
vejo na sobriedade
o criar pelo simples poder.

então liberdade
para sentir o pulsar
emoção na agilidade,
juntos há preservação.

Like what you read? Give Fernando Aguilar a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.