UPDATE: Thanks to a good friend of mine, at the end of this text is the English version.
Matheus José Maria
1K123

Tanta coisa errada aqui, vamos lá: primeiro lugar, já cagaram os “Jornalistas Livres” ao quererem se tornar os protagonistas da situação, ao invés de reportarem o que ali acontecia. Quem foi sabe que os veículos de comunicação de esquerda/pró governo só retratam meia dúzia de participantes que pedem a intervenção militar. Segundo, no meio de um protesto contra o esquerdismo, os imbecis levantam a idéia de quem “falta vermelho na nossa bandeira”, adivinhem qual seria a associação direta do “vermelho” nesse ato? Terceiro: muitos manifestantes que ali estavam também são a favor da liberdade e do porte de armas de fogo pra autodefesa. Enquanto o cidadão não for livre o suficiente pra se defender, pra se preparar pro pior, pra defender a sua vida, ainda veremos muitas cenas dessas no Brasil. Quero ver rolar execução em massa em um ambiente com pessoas armadas e preparadas, é aí que a esquerda mostra sua hipocrisia; idolatra a “luta armada” mas defende o desarmamento do cidadão. Quarto: comparados com os protestos de esquerda, os protestos da direita são muito mais pacíficos, sem depredações, black blocks incitando a PM, entre outras coisas. Quero ver o cara fazer um ato teatral pró direita na frente de blackblocks destilando ódio: vai tomar molotov, pau e pedra na cara.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.