:: Mais do mesmo ::

Marquei um encontro comigo mesmo — e fui me encontrar,
Para me despedir.
Me despedir de mim
De quem eu sempre fui.

Resolvi mudar
Deixar pra trás uma boa parte de quem eu fui,
de quem eu sou, de quem eu serei.
Me dei adeus em todos os tempos da existência
Para me reencontrar no horizonte do meu ser.

Mudei conceitos, mudei ideias
Mudei de planos, mudei de rumo
Troquei de roupa, fiz as malas
Esvaziei a alma.
Descalcei os sapatos.
Desabitei meus hábitos.
Me livrei dos meus medos.
Me livrei de mim!

Já não sou mais o mesmo,
Mas ainda sou quem sempre fui.
Fui embora de mim, mas cheguei no mesmo eu — num outro eu!

Eu mudei para continuar o mesmo…
O mesmo homem, com os mesmos sonhos.
Um novo homem, com renovados sonhos — mas com a mesma missão!

Pois em tudo que muda há algo que permanece e algo que se modifica.
Tudo que fica, tudo que muda gera uma nova composição.
Eu permaneço, eu me modifico — eu sou essa nova composição.

Eu sou a velha música esperando para ser composta, o antigo poema em fase de criação
O livro não escrito já publicado, a antiga tela em inédita exposição
Eu ainda sou os mesmos acordes, as mesmas letras, a mesma tinta
O mesmo eu ainda em obras, já pronto e ainda em eterna fase de construção.

Pois cantar um novo cântico não se resume a cantar uma nova canção.
Mas a cantar a velha música com um restaurado coração.
A recitar o antigo poema com invisitada inspiração.
A ler o livro não escrito com reverente afeição.
A apreciar a antiquada tela com copiosa comoção.

Não foram as coisas que mudaram — eu mudei!
E, mesmo mudando de lugar, sem mudar,
Tudo continuou no seu devido lugar, mesmo sem continuar.
O que mudou? O meu olhar.

Eu já não sou o que era.
Eu ainda sou o que era.
Pois eu sou o que sempre fui, o que me tornei
E o que serei.
Em meu novo olhar.

Por Fernando Khoury

(Outros Textos) Blog Facebook e Fanpage

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12.2

“(…) Vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.” Colossenses 3.9–10


Se gostou, recomende no Medium.com e compartilhe no facebook!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Fernando Khoury’s story.