No dia 24/01/2019, quinta-feira, durante a reunião do Conselho Deliberativo do Botafogo escrevi alguns tweets sobre o discurso do conselheiro André Barros. O conselheiro abordou o tema do projeto em estudo dos irmãos Moreira Salles e esta opinião acabou gerando forte reação nas redes sociais contra ele — inclusive com um nível de agressividade que chegou até a ameaças, o que é inaceitável.

Devido a esta reação, André fez um contato comigo para esclarecer seu ponto de vista. Considero isso importante e saudável, pois entendo que fortalece a relação entre torcida e clube.

Eu defendo que as reuniões sejam filmadas e disponibilizadas integralmente para sócios proprietários e sócios torcedores em área restrita do site do clube. Desta forma garantiríamos a transparência e ao mesmo tempo daríamos um conteúdo exclusivo de alta relevância aos sócios. …


Image for post
Image for post

Paulo Roberto de Freitas, o Bebeto, faleceu ontem aos 68 anos. A cobertura da imprensa e as manifestações de esportistas no Brasil e no mundo dão bem a dimensão da importância de Bebeto para o esporte e para o vôlei em especial. Vamos então tratar aqui do Bebeto presidente do Botafogo e o que ele nos legou.

Sobrinho de João Saldanha e primo de Heleno de Freitas, Bebeto herdou do tio a visão de um Botafogo moderno e profissional, e do primo a paixão irascível com que sempre tratou tudo. …


O Botafogo decidiu apostar em 2018 naquilo que acredita ter sido a fórmula de sucesso de 2016 (com continuação em 2017): um jovem técnico estreante formado no próprio clube e um elenco composto de jogadores da base e destaques de times médios e pequenos do Brasil, somados a alguns estrangeiros. Mas há muitas diferenças entre os momentos e os personagens.

Image for post
Image for post
O comando do futebol apresenta Felipe

Os bons resultados do período Jair Ventura são muito mais circunstanciais do que fruto de um trabalho estruturado, organizado ou minimamente planejado. …


A colunista Sônia Racy, do jornal O Estado de São Paulo, publicou nota em 27/12/2017 informando que o Conselho de Administração do São Paulo estuda a criação de uma sociedade anônima para administrar o futebol:

Image for post
Image for post

Conselho de administração x Conselho Diretor

O primeiro impacto para o torcedor botafoguense é ler a expressão “Conselho de Administração” associada a um clube de futebol. Há uma tendência no Brasil de que o Conselho de Administração tome o lugar do Conselho Diretor nos clubes de futebol.

No modelo tradicional do século passado ainda vigente na maioria dos clubes, o Conselho Diretor é composto pelo presidente eleito mais os vice-presidentes por ele nomeados, que comandam cada um uma pasta (futebol, financeiro, administrativo, esportes gerais, jurídico, remo, comunicação, etc.). No modelo atual, esses dirigentes amadores formam o Conselho de Administração, mas não tocam a execução do dia-a-dia do clube. Eles dão as diretrizes, fiscalizam, cobram resultado, mas quem executa são os profissionais contratados especificamente para tal. Tais clubes têm, então, um executivo que toca o clube como um todo, outro só para o futebol e assim por diante. …


Ontem, 19/12/2017, o Conselho Deliberativo do Botafogo aprovou o orçamento 2018 proposto pelo Conselho Diretor.

Image for post
Image for post

Alguns números não ficam muito claros no livro orçamentário, como os passivos 2017 e 2018, e há manobras contábeis para fechar positivamente o fluxo de caixa, o que vai frontalmente contra o parecer emitido pelo Conselho Fiscal, que publicamos comentado aqui.

Ainda assim, pelo cenário projetado pela diretoria, o Botafogo deve fechar o ano de 2018 com um déficit acumulado de R$ 24 milhões. Caso algumas receitas com alto grau de incerteza não se realizem, esse déficit pode ultrapassar a casa dos R$ 50 milhões.

O resumo da proposta orçamentária é o…


Ontem publicamos aqui o parecer do Conselho Fiscal do Botafogo (CF) sobre o Orçamento de 2018 proposto pelo Conselho Diretor (composto pelo presidente e todos os vice-presidentes).

Image for post
Image for post

Para elucidar melhor o texto, fizemos alguns comentários sobre cada parágrafo do parecer:

“1 — O orçamento do Botafogo de Futebol e Regatas para o ano de 2018 prevê receita bruta de 204 milhões de reais e despesas de 139 milhões de reais, cujo resultado operacional é de 65 milhões de reais. …


Os membros do Conselho Deliberativo do Botafogo receberam o Livro Orçamentário de 2018.

No Livro consta o parecer do Conselho Fiscal, que transcrevemos abaixo logo após as imagens.

O parecer foi aprovado por maioria, não por unanimidade.

Image for post
Image for post

Fernando Lôpo

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store