Agora Online: Sedução, Flerte e Azaração.

Ou como no final das contas você ainda pode bater uma com um nude de alguém.

Semana passada falamos sobre como seduzir as pessoas no mundo real, mas às vezes você precisou iniciar os trabalhos pela internet para depois gerar um encontro ao vivo, ao algo do tipo.

Então como seduzir as pessoas online? Como fazer com o que os seus hormônios viagem através de um satélite até atingirem uma tela distante e, mesmo assim, ainda causarem algum efeito no alvo?

Bom, não estou querendo me gabar nem nada, mas eu uso Tinder/Happen/Scruff/Hornet já faz pelo menos uns 5 anos, então tenho uma certa experiência. Nada mais justo do que compartilhar tudo isso com vocês, não é mesmo?

MAS ATENÇÃO

Antes que alguém venha me dizer “Ah, Fernando, mas esses apps GAYS tipo Scruff e Hornet tornam as coisas muito mais fáceis. Eu sou hétera e esse texto não vai me ajudar em nada”, migo, I’ve got you. Vou focar no lance da conversa e postura nesses apps. Pra essas coisas, não existe nenhuma distinção por orientação sexual. Fique calminho.

Dito isso, podemos começar.

Apps de encontro ou “Dating” são os que se sustentam na solidão… quer dizer… na facilidade de colocar duas pessoas juntas. Eles geralmente utilizam mecânicas de “se eu gostei de você e você gostou de mim, podemos conversar” para combinar essas duas pessoas (obviamente você já sabe de tudo isso ao menos que, por exemplo, você tenha vivido em uma caverna pelos últimos 5 ou 4 anos).

Dessa forma, a primeira coisa que precisamos nos focar é o seu perfil no app. Ele é basicamente o seu cartão de visitas para as outras pessoas e geralmente vai conter suas fotos, sua idade e alguma descrição que você mesmo vai escrever. Não minta nessa parte, ok? Se você pretende encontrar pessoalmente com quem quer que seja, não minta. Como disse no outro texto, apresente a melhor versão de você mesmo. E siga algo no seu estilo também, ou seja, se você não é engraçado, não queira por fotos aparentemente engraçadas, ou se você não é o cara mais sério do mundo, não faça uma descrição quadrada que pareça ter saído de um livro do Tolstói. Haja de acordo com o que você realmente é (só que um pouco melhorado, já falamos sobre isso).

Descrição do Perfil

O básico, do básico, do básico é não errar o português. Convenhamos que se você está tentando seduzir alguém por mensagens de TEXTO e logo no seu perfil tem um “ASSIMA DI TUDO CUNFIM DEUS”, p*rra, vamos estudar um pouco. Só para garantir uma primeira impressão boa. Feito isso, seja criativo. Não basta colocar sua altura, peso, idade, signo e ascendente, além do mais, você está interessado em dizer que vai além de algumas informações óbvias, não?

Aqui também não é a melhor hora para ser preconceituoso, então dê uma segurada em informações como “Nada de asiáticxs/negrxs/afeminadxs”, e não adianta colocar “Não é preconceito, é só gosto” porque vai soar mais preconceituoso ainda #justsaying.

Fotos do Perfil

VOCÊ ESTÁ ATENDO? PRECISO DA SUA ATENÇÃO TOTAL!

Não preciso falar que vivemos em um mundo superficial, porque você já sabe disso. Então as suas fotos são extremamente importantes, mas é preciso tomar muito cuidado aqui. Se você colocar fotos muito zoadas, ninguém vai se interessar. Agora, se você colocar fotos que além de terem saído muito melhor que o normal, você ainda foi lá e deu a turbinada do Photoshop, muito cuidado, você pode decepcionar fortemente na hora que chegar no encontro. Ninguém gosta daquela sensação de “Nossa, como ele fez pra sumir com esse olho de vidro” ou “Como será que ele photoshopou uma perna?”. Na dúvida de qual foto postar, pegue todas as suas fotos e classifique-as de zero a dez, depois coloque no app todas que receberem notas 6 e 7. Assim você garante um fator surpresa aí no meio.

E outra coisa: quer colocar foto peladx? Coloque. Teu corpo, tuas regras. Mas tenha em mente que a primeira impressão é a que fica. Uma foto sem roupa num perfil de um app já coloca a expectativa de que te ver sem roupa é algo relativamente fácil de conseguir.

Mas e depois?

Fez tudo direitinho até aqui? Perfeito. Agora é só esperar os “matches”.

E quando eles acontecerem, me faz um favor? INICIE UMA CONVERSA. Não importa seu gênero, sua classe ou sua cor, só precisa dar um “Oi. Tudo bem?” e deixar o papo fluir. Só não deixa o match de molho, naquele limbo bizarro de gente que você não tem coragem de conversar e ao mesmo tempo gostar de ter ali no aplicativo, porque dá a impressão de que muitas pessoas te querem, mas você se faz de difícil (ser difícil nunca levou ninguém a lugar nenhum, mas isso é um papo pra outro texto).

Na hora de conversar, faça sua parte: procure se mostrar interessado (como um entrevistador que estivesse ganhando muito bem para estar lá) e não seja monossilábico. Responder as coisas com “sim” ou “não”, simplesmente, mata qualquer possível relacionamento que nunca existiu. Mas também não precisa ficar mandando palavras com mais letras que o normal (“oooooi”, “Siiiim”, “Tuuudo”, “Claaaaro”, “Piroooca”), a gente sabe que você está desesperado, não precisa ficar demonstrando.

Converse o suficiente para descobrir se a pessoa é um possível psicopata ou não. Esse é meu mantra. Assim que estiver (mais ou menos) seguro dessa análise, troque Whatsapp. Não venha querer trocar o Facebook logo de cara, porque talvez o outro ainda não esteja preparado para tantas verdades assim sobre sua vida.

Por fim, só precisa de atitude

Você já está conversando no whatsapp, vocês trocam fotos, dão “bom dia” todos os dias e rolam altas cantadinhas toscas, então você está esperando o que? Sinos dos anjos? Chame a pessoa para sair. Só isso. Inclusive, se você utiliza esses apps, imagino que a intenção seja sempre fechar o negócio, não? E não me venha com essa historia de que “Estou no Tinder para fazer amigos”, girl… Please…

Chamando para sair, só garantir uma boa apresentação pessoal (a melhor versão de você mesmo) e ter certeza de que está seguindo as regrinhas do meu texto anterior que tudo dará certo. Melhor do que essa ajuda, só se eu for lá e transar por você, mas acho que o foco não é bem esse.


E agora você já pode aumentar suas possibilidades de namorar em 2017! Não é maravilhoso? E se você quiser mais dicas de como se virar na vida, lembre-se de clicar no ❤. O Medium ainda não me paga para escrever, então estou numa dieta ferrada a base de ❤. Dá essa forcinha pro tio.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.