Poesia numa noite fria

Construo uma casa toda feita de madeira

A tarde eu a convido para um chá

camomila ou erva cidreira

É contigo que quero estar

Pela minha vida inteira

Para chegar até você

Pego o Melhor caminho

O melhor atalho

Aqueço seus pés

Te abraço e te Agasalho

Escrevo nesses papéis

Meu amor que por ti não calo

Eu sem você o tempo não passa

Sou um pássaro sem asa

Tomamos um vinho numa taça

Onde afogo a saudade que me amassa

Só você me traz alegria e graça

Numa noite fria de inverno

Escrevo nas folhas de um caderno

O quanto me tem valor

Você sempre ao meu lado, meu amor

Numa noite fria de inverno

É você que quero por companhia

Pra tomar um café

E me dar energia

Te conto um segredo

Não diga a ninguém

Te abraçar e beijar

É o que mais me convém

Olho para o céu

E vejo uma estrela

Penso no momento

De poder voltar a vê-la

Autoria de Fernando de Souza

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.