Dos diálogos

De sarcasmo era lotada sua pergunta:
- Mas é uma troca comum?
Sem compreender bem me expus junta:
- Incomum, pois como nenhum! 
- Ao menos tem a decência de compreender? - continuou Ela.
- Aonde leu essa definição? - retruquei sem pudor!
- Em você. 
- Ora, pois que não sei... - fiquei de costas.
- Engraçado que me invoca com tanto entusiasmo sobre algo que nem ao menos compreende. - disse se preparando para partir.
- Se eu já compreendesse não lhe chamaria. Apenas exaltaria! 
- ... - parou pensativa.
- Você é de grande ajuda. - pedi humilde.
- Do que seriam suas madrugadas sem mim afinal. - gabou-se enquanto retornava. 
- Dias claros de sábado. - fui sincera.