Quando as pautas caem…

Tenho certeza que todo assessor de imprensa já passou por isso. E, toda vez que acontece, é uma dor de cabeça e também não deixa de ser uma decepção. Tem cliente que entende, tem cliente que não se conforma, mas isso acontece e não tem o que fazer, porque sim…as pautas podem cair!

Você elabora toda a pauta, levanta todos os dados, apresenta para o cliente, aprova o teor da sugestão, envia para o jornalista, conversa com o editor, aguarda a aprovação e recebe aquela ligação, mensagem ou e-mail que tanto espera: vamos fazer a pauta!

Você liga para o cliente, cria toda aquela expectativa, agenda o dia, hora, repassa todos os pontos a serem abordados e sai tudo como planejado. A entrevista é um sucesso, o porta-voz consegue passar os pontos chaves, todos felizes, mas ai…

A reportagem estava programada para entrar no dia x. Todo mundo fica naquela expectativa para comprar o jornal ou a revista, ver o programa na TV e… Nada.

Um acontecimento de última hora, algo que não estava previsto e tem grande relevância impede a publicação ou divulgação. Ok. Vamos tentar colocar amanhã. E… nada.

Os dias passam… a pauta fica velha, cai e você precisa explicar isso para o cliente. Acontece. E bastante.

Eu já passei por isso várias vezes. Em algumas ocasiões, a pauta caiu porque aconteceu algo importante no dia e não houve espaço. Afinal, ninguém sabe quando uma celebridade vai morrer, um grande acidente vai acontecer, um presidente vai renunciar, etc…

Também já aconteceu do editor que havia aprovado a pauta ser mandado embora e o novo editor não gostar do material. São tantas possibilidades.

Por isso, é importante explicar tudo isso para o seu cliente. Às vezes, a pauta não cai, mas sai menor e, o que pode acontecer e é até pior, o repórter mudar completamente o foco da reportagem.

Por isso, é preciso ter a comunicação sempre muito bem alinhada com o seu cliente. E, para os assessores, uma dose extra de jogo de cintura é essencial nestas horas.

Fernanda Gonçalves

Diretora Executiva da FGCom

Assessoria de Imprensa / Comunicação

Quer saber mais? Conheça o nosso site: www.fgcom.com.br