Quando o cliente se “acha” mais que a notícia

Lendo outro dia um artigo muito interessante no portal Comunique-se (e que indico aqui: https://app.workr.com.br/LinkOpen.aspx?mid=5fac5b10-d175-45dc-93b7-5eb74251c50a&lid=oislouuuy4gXkmDJvhZUFQ==), fiquei pensando por quantas vezes passei por situações em que o cliente se “achava” mais que a notícia.

Saber ponderar e mostrar para o seu cliente que aquele assunto não é tão relevante quanto parece, que seu filho não é o novo Senna ou o novo Pelé, que sua ideia não é tão inovadora assim, é uma tarefa muitas vezes difícil, estressante e que pode colocar em cheque um bom trabalho de assessoria de imprensa.

O trabalho do assessor não é só marcar entrevistas e acompanhar seus clientes nos compromissos com a mídia. Hoje em dia, com redes sociais e criação de conteúdo, vai muito além. E saber organizar um bom plano, criar pautas que sejam interessantes é fundamental para conquistar um espaço que está cada vez mais escasso.

Por isso, não adianta querer vender uma pauta só para agradar o cliente, se nem mesmo você a “compraria”. Isso só coloca a credibilidade da agência e de seus profissionais em risco.

Os editores recebem milhares de sugestões todos os dias, ligações… Se você insistir com assuntos desinteressantes, quando tiver algo realmente bom, esse editor nem te atenderá ou lerá seu e-mail.

Já fui estagiária em agências, lembro bem como era. E esse papel de ficar insistindo com as pautas mais descabidas ficava sempre para o estagiário. É pior ainda, porque ele normalmente tem menos conhecimento do veículo, do jornalista, mas está falando em nome de uma empresa e é isso que fica.

Por isso, o ideal é sempre uma conversa franca com o cliente. Mostrar o que é e o que não é relevante. É o que sempre tentamos fazer na FGCom.

Se o cliente não entender e não quiser continuar, é ruim, sem dúvida. Estamos todos em busca de novas oportunidades e desafios e, neste cenário de crise, abrir mão de uma conta não é uma decisão fácil.

Mas, como diz o ditado: vão-se os anéis, ficam os dedos. E a reputação da empresa precisa estar em primeiro lugar.

Fernanda Gonçalves

Diretora Executiva da FGCom

Assessoria de Imprensa / Comunicação

Quer saber mais? Conheça o nosso site: www.fgcom.com.br

Written by

Assessoria de Comunicação / PR

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store