Considerações sobre o diálogo na literatura
Kalew Nicholas
955

Acho que há livros e livros. Existe espaço para diálogos coloquiais e existe espaço para uma distanciamento maior da realidade; agora, para mim algo é certo: a palavra escrita não é a palavra falada, e, por isso, tem coisas que ficam bem em uma e não necessariamente na outra. É outra temporalidade, outra fluidez, outras limitações (linha, luz, forma e não ar, voz, som).

Like what you read? Give Filipe Peixoto a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.