Grêmio encontrará velhos conhecidos em “grupo da morte” na Libertadores 2016

A Conmebol definiu, em sorteio realizado nesta terça-feira (22), no Paraguai, os confrontos da primeira etapa e da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2016. Em sua 16ª participação na competição, o Grêmio terá em um grupo complicado. Com dois campeões da América, San Lorenzo e LDU, além dos mexicanos do Toluca, a chave do Tricolor é considerada uma das mais difíceis.

Os três futuros adversários já enfrentaram o Grêmio no passado. E o retrospecto é equilibrado.

Em 2013, Grêmio e LDU disputaram uma vaga na fase de grupos da Libertadores. No jogo de ida, em Quito, vitória dos equatorianos por 1 a 0. Na volta, no primeiro jogo oficial da Arena, o Grêmio devolveu o placar e, nos pênaltis (5 a 4), o Tricolor garantiu a classificação.

A história quase se repetiu no ano seguinte diante do San Lorenzo, pelas oitavas de final. O primeiro jogo, na Argentina, teve vitória por 1 a 0 do time do Papa Francisco. Na semana seguinte, em Porto Alegre, o Grêmio venceu pelo mesmo resultado. Na decisão por pênaltis, porém, a vitória foi dos argentinos por 4 a 2. Além dos embates pela Libertadores, houve também um amistoso entre as duas equipes em 1977 que terminou com resultado positivo para os gremistas (1 a 0).

Contra outro rival do grupo 6, o Toluca, também há dois jogos equilibrados no histórico, porém não em partidas válidas pela Libertadores. Em 1953 e 1988, as duas equipes realizaram amistosos no México, e houve dois empates: 2 a 2 e 1 a 1, respectivamente.

Neste ano, a ordem dos confrontos do Grêmio contra os argentinos, equatorianos e mexicanos já está definida:

1ª rodada — Toluca x Grêmio

2ª rodada — Grêmio x LDU

3ª rodada- Grêmio x San Lorenzo

4ª rodada — San Lorenzo x Grêmio

5ª rodada- LDU x Grêmio

6ª rodada- Grêmio x Toluca

As datas divulgadas pela Conmebol para a fase de grupos são: 17 e 24 de fevereiro; 2, 9 e 16 de março; e 6, 13, e 20 de abril.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.