Estou escrevendo um livro

É isso mesmo que você leu ai em cima: eu estou escrevendo um livro!

Ele pode não se tornar um best seller nem me fazer chegar mais perto de ser um Paulo Coelho da vida, mas o livro é meu e acredito ta ficando bom.

Eu que tô fazendo sozinho.

Aliás, esse é o motivo de eu vir aqui dizer que eu estou escrevendo um livro (se você achou que era pra eu me gabar errou), eu quero que você me ajude a terminar este livro.

Eu vou postar aqui no Medium e nas minhas redes sociais (fb.com/filipencavalcante e instragram.com/filipencavalcante) toda semana um capítulo do livro e todo comentário de crítica, sugestão ou incentivo será bem vindo.

Caso você prefira enviar uma mensagem diretamente pra mim, meu email é filipencavalcante@gmail.com .

Então, vamos começar? Ai em baixo está o primeiro capítulo do meu livro. Boa leitura.

PS: Meu livro por enquanto está sem título :)

#01 — (Afonso) — Término do namoro?

Afonso subia as escadas do prédio lentamente. Passada após passada ele relembrava todo o script que havia planejado para falar com sua namorada. Ele estava nervoso, principalmente depois da outra vez que ele havia tentado ter dado errado. A medida que ele se aproximava do terceiro andar ficava cada vez mais nervoso, e subia as escadas cada vez mais devagar. Tentava adiar aquele momento. Mas ele tinha que fazer aquilo, ele queria. Queria terminar o namoro com Bia.

Para tentar evitar que sua namorada chorasse como da última vez, e com medo de fraquejar novamente, ele mandou uma mensagem pra ela pela manhã:

“Preciso ter uma conversa com vc hj de noite.

Vou ter prova hj e vou ficar ocupado, se vc falar pode ser q eu n responda.

Bjo =* ”.

Afonso não tinha prova nenhuma naquele dia, mentiu pra sua namorada mais uma vez. Bia ainda mandou mensagens perguntando o que Afonso iria conversar com ela, mas ele não à respondeu. Ela já devia desconfiar o que era.

Afonso era inseguro e imaturo e pensava que iria se auto-sabotar e desistir de terminar o namoro, mesmo sabendo que não dava mais certo. Ele andava lentamente e lembrava de tudo que havia passado nos últimos meses, que o fizeram chegar neste ponto…