The Maestro Pedro Almodóvar

capa de abril da L’Uomo Vogue 
com esta foto 
o tecido vermelho 
como sangue jorrado 
a estatua feminina 
estirada no chao 
a mao sobre o peito 
o olhar em gelo 
sereno 
sugere 
sugere? 
essa cena de violencia 
essa batalha por ele vencida 
o ensaio inteiro 
com alto apelo estetico 
para te vender esse artista 
“excentrico” 
“alem-de-seu-tempo” 
“incompreendido” 
“um genio”

Cannes 2017

foi presidente do juri 
da ediçao de 70 anos
do Festival de Cannes
festival este
que “homenageou” a Italia
em seu poster oficial
com uma imagem retocada
do corpo de Claudia Cardinale

the maestro Pedro Almodóvar 
 “O diretor das mulheres fortes.” 
defendeu 
nunca esquecer 
defendeu 
Bertolucci & Marlon Brando: os abusadores — a dupla

mas nenhuma 
nenhuma
palavra para a vitima
Maria Scnheider

da violencia sofrida 
nunca 
se recuperou Maria 
em sua dor desamparada 
por anos ANOS 
aos olhos do mundo 
sua voz calada 
sua historia esquecida 
seu corpo produto 
para sempre rotulada 
“a cena de Ultimo Tango em Paris” 
“a redençao em Profissao Reporter”

and they say é
 só mais um episodio 
do cinema uma lenda 
mais um texto 
uma foto 
uma polemica 
sem demonstrar minimo respeito 
they say 
“as gals se ancoram no vitimismo” 
“o feminismo é um exagero” 
“o feminismo nao é preciso”