Jorge Almeida
Jorge Almeida

Jorge Almeida

Penso o que digo e não digo o que penso. Sinto o que sou e não sou o que sinto.