Ela só quis tudo

Ela sonhava muito e sonhava alto, apesar de que para resolver as coisas era muito lenta. Tinha uma ganância suprema para experiências novas, mas não importava nenhum pouco a forma de chegar lá.

Ela quis aquilo que eu e você queremos: ver tudo. O problema é que a maioria das pessoas deseja não só ver, mas obter tudo. Não é ruim, mas sua mochila era muito menor que capacidade de colecionar lembranças.

Não a tome por pensar melhor de si mesma, ela também queria que fosse mais fácil e que a vida a presenteasse com esse “olhar bom pras oportunidades”. Ela tinha opções de ajuntar tudo nesta terra, mas não tinha talento pra isso, interesse, ou mesmo espaço para por este peso entre seus pés mirrados. Eles já eram carga suficiente para manter sob as asas.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.